Logo UniCEUB Centro Universitário de Brasília

Repositório Institucional

voltar ao site

Centro Universitário de Brasília - UniCEUB >
BIO - Ciências biológicas >
BIO - Monografias >
BIO - Graduação >

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2386

Título: Flores e insetos: a origem da entomofilia e o sucesso das angiospermas
Autor(es): Bizerril, Marcelo Ximenes
Lima, Cintia
Data do documento: 2000
Resumo: As angiospermas são o grupo mais recente e complexo dentre os vegetais. Este grupo abrange as mais variadas e numerosas espécies e tem grande importância econômica, o que torna natural o interesse na sua origem e evolução. A origem das angiospermas no tempo ainda é vaga. Existem registros fósseis de plantas semelhantes desde antes do Período Cretáceo, há 144 milhões de anos, porém o apogeu do grupo acontece durante o Período Terciário, já na Era Cenozóica (Era atual). A flor apareceu como um mecanismo de proteção dos óvulos, que eram consumidos por insetos primitivos. Atrair os animais para que pudessem transportar seus gametas contidos nos grãos de pólen foi outra evolução da flor. Não por acaso, a irradiação adaptativa das angiospermas coincide com a explosão evolutiva de alguns grupos de insetos voadores. Interações de insetos polinizadores e flores são descritas desde o final do Período Cretáceo. Atualmente, existem 250.000 espécies de angiospermas registradas, e mais de 25.000 espécies de insetos dependem do pólen e néctar das flores para sua nutrição.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2386
Aparece nas coleções:BIO - Graduação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
9508967.pdf382.18 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.