Logo UniCEUB Centro Universitário de Brasília

Repositório Institucional

voltar ao site

Centro Universitário de Brasília - UniCEUB >
HIS - História >
HIS - Artigos >
HIS - Publicação >

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/235/6918

Título: 3 A mestiçagem na pintura na América colonial no século XVI
Autor(es): Maia, Camila
Bittar, Nirvana
Palavras-chave: Mestiçagem
Indígena
Ocidentalismo
Renascimento
Resistência
Data do documento: 3-Ago-2015
Resumo: Durante o fim do período Renascentista, nas Américas a mestiçagem no século XVI invadiu vários campos de manifestação cultural. Indo desde as pinturas, à música e passando pelo teatro. Os nobres indígenas se viram na condição de copistas das obras europeias com o intuito de difundir o imaginário cristão e a contraponto com a resistência indígena. Os americanos, através da técnica que consistia em observar e reinterpretar deram vida a um novo estilo do Renascimento indígena na América latina. Dessa confluência de hispânicos e índios surgiu um hibridismo dentro da pintura do Novo Mundo, que seu deu de maneira violenta e impositiva.
URI: http://hdl.handle.net/235/6918
Aparece nas coleções:HIS - Publicação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
3 A mestiçagem na pintura na América colonial no século XVI.pdf337.59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.