Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/1820
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAmorim, Lara Santos dept_BR
dc.contributor.authorMoura, Juliana Martinspt_BR
dc.date.accessioned2012-10-23pt_BR
dc.date.accessioned2012-10-30T15:12:55Zen_US
dc.date.accessioned2013-05-09T20:11:07Z-
dc.date.available2012-10-23pt_BR
dc.date.available2012-10-30T15:12:55Zen_US
dc.date.available2013-05-09T20:11:07Z-
dc.date.issued2007-01pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/1820-
dc.description.abstractTrata-se de um estudo sobre a significação cultural do cabelo, sobretudo a cabeleira feminina. Como se pode imaginar, o tratamento dos cabelos vincula-se aos cuidados com o corpo e tem ligação direta com a beleza. Tratar dos cabelos é considerado, em princípio, como uma necessidade humana, certamente derivada das necessidades naturais de reprodução, higiene, e comunicação com o sagrado. Além disso, o cabelo articula-se com o domínio da cultura e é um elemento de identificação social. Deste modo, podemos encontrar os mais estranhos arranjos capilares ao longo dos séculos, inclusive a cabeça raspada ou coberta. Contudo, em todos os casos há razões práticas e culturais envolvidas, isto sem mencionar os fatores religiosos. No mundo moderno, os cuidados com o cabelo sofrem interferência direta do sistema produtivo, não somente devido à enorme quantidade de produtos para os cabelos disponíveis no mercado, mas também considerando a entrada massiva das mulheres no mercado de trabalho, o que acabou por impor exigências relativas à praticidade da arrumação dos cabelos. Nos últimos anos o sistema de produção de cosméticos vem avançando muito, impulsionado pelos instrumentos da comunicação, inicialmente impondo padrões e mais recentemente aderindo à diversidade, tendo em vista a compartimentação do mercado, o mercado transnacional e globalizado e a persistência do multiculturalismo.-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2013-05-09T20:11:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 20365972.pdf.txt: 76191 bytes, checksum: 1caad63a3a04763f51669e0c9f97b806 (MD5) 20365972.pdf: 3070016 bytes, checksum: 0b64c082f8cc2772039994478194e30b (MD5) Previous issue date: 2007-01en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectCabelo-
dc.subjectCultura-
dc.subjectSociedade de consumo-
dc.titleRaízes da beleza: cabelo como símbolo de representação cultural na sociedade de consumopt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2007-01pt_BR
Appears in Collections:PUB - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20365972.pdf3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.