Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2660
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorQueiroz, Morgana de Almeida ept_BR
dc.contributor.authorSilva, Priscilla Zema ept_BR
dc.date.accessioned2012-10-23pt_BR
dc.date.accessioned2012-10-30T18:08:18Zen_US
dc.date.accessioned2013-05-09T20:57:07Z-
dc.date.available2012-10-23pt_BR
dc.date.available2012-10-30T18:08:18Zen_US
dc.date.available2013-05-09T20:57:07Z-
dc.date.issued2008-12pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2660-
dc.description.abstractA doença e a internação infantil afetam a criança, sua família e também os profissionais de saúde. A partir dessa idéia, a proposta desse trabalho monográfico é refletir sobre o brincar como facilitador do processo de adaptação da criança e seus familiares diante da hospitalização infantil. Os objetivos específicos foram organizados em reflexões pontuais sobre o brincar na infância, o processo de hospitalização da criança, a atuação do psicólogo nos hospitais e a função da atividade lúdica nesse período de internação. O trabalho baseou-se em uma pesquisa bibliográfica aliada a reflexões sobre a experiência de estágio, organizado em quatro capítulos. O primeiro destacou o conceito da infância, ressaltando a importância do brincar nesse período, descrevendo algumas brincadeiras infantis realizadas de acordo com a faixa etária; no segundo capítulo descreveu-se como ocorre o processo de hospitalização infantil, ressaltando-se os medos e a angústia que este processo mobiliza na criança; o terceiro capítulo discorreu sobre a atuação do psicólogo nos hospitais, destacando suas áreas de trabalho, as demandas de assistência e a importância do acompanhamento das equipes multiprofissionais; e por último, o quarto capítulo propôs-se refletir sobre o efeito do brincar para a criança que vivencia a hospitalização, a partir da experiência de estágio em uma brinquedoteca hospitalar. Concluiu-se que o brincar no período de internação da criança é um recurso que propicia a elaboração desse momento, tanto para a criança como para seus familiares.-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2013-05-09T20:57:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 20410919.pdf.txt: 79117 bytes, checksum: b5f4d783d53c63d8255c53ae27b724b9 (MD5) 20410919.pdf: 194637 bytes, checksum: d138c32bb1c4af3b692267cfae242487 (MD5) Previous issue date: 2008-07en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectBrincar-
dc.subjectHospitalização-
dc.subjectCriança-
dc.titleA função do brincar para a criança hospitalizadapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2008-12pt_BR
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20410919.pdf190.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.