Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2398
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBizerril, Marcelo Ximenes. A.pt_BR
dc.contributor.authorGudes, Gabriel Lavotattipt_BR
dc.date.accessioned2012-10-23pt_BR
dc.date.accessioned2012-10-30T14:26:35Zen_US
dc.date.accessioned2013-05-09T20:41:14Z-
dc.date.available2012-10-23pt_BR
dc.date.available2012-10-30T14:26:35Zen_US
dc.date.available2013-05-09T20:41:14Z-
dc.date.issued2000-07pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2398-
dc.description.abstractA palavra inteligência jamais foi conceituada com precisão. E mesmo assim, a maioria das pessoas considera o homem como o único ser inteligente da Terra. Este trabalho se resume a mostrar, através de vários exemplos observados na natureza, que as características atribuídas aos homens, como seres inteligentes, podem ser observadas em diversos animais também. Os abutres-egípcios abrindo ovos com pedras, os macacos que aprenderam a lavar comida para tirar areia, as construções do castor. Além disso, a comunicação dos golfinhos e das abelhas também se faz presente neste trabalho, bem como a importância do cérebro em anfíbios. Caracterizar os homens como sendo o único ser inteligente é errado, pelo menos até que se defina com precisão a palavra inteligência-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2013-05-09T20:41:14Z (GMT). No. of bitstreams: 2 9658477.pdf.txt: 31892 bytes, checksum: 0b6eecaa4602b8a8e45293ee950a8731 (MD5) 9658477.pdf: 436098 bytes, checksum: 1e96d35e4766862fb788acc10a9d9eea (MD5) Previous issue date: 2000-07en
dc.language.isoporpt_BR
dc.titleInteligência animalpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2000-07pt_BR
Appears in Collections:BIO - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
9658477.pdf425.88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.