Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2706
Tipo: Monografia
Título: Transtorno do desejo sexual na perspectiva histórico-cultural: caso clínico
Autor(es): Vilela, Dione de Oliveira
Abstract: A presente monografia tem por objetivo principal analisar um caso clínico de transtorno do desejo sexual em uma relação estável sob a orientação da Teoria da Subjetividade de González Rey, em uma abordagem histórico-cultural, considerando os motivos sexuais que integram e definem o sentido subjetivo da sexualidade de um casal em processo de terapia sexual. Diferentemente da maioria dos terapeutas sexuais citados ao longo deste trabalho, que adotam abordagens comportamentais/cognitivas e psicanalíticas, busca-se com esta monografia compreender a sexualidade em sua dimensão complexa, multidimensional e multicausal, buscando identificar o conjunto de elementos de sentido subjetivo presente na sexualidade de um indivíduo com queixa sexual bem como promover ações terapêuticas que favoreçam a produção de novos sentidos subjetivos com vistas a uma vivência saudável e prazerosa da sexualidade. Ao analisar um caso de transtorno de desejo sexual sob os aportes da teoria da subjetividade na perspectiva histórico-cultural pretende-se ir além dos limites biomédicos e comportamentais da resposta sexual humana, buscando contribuir para modificar o caráter reducionista e genitalizado imposto à sexualidade até os dias de hoje e compreendê-la em sua complexa rede de configurações sociais e subjetivas. A primeira parte da pesquisa apresenta a sexualidade e o transtorno do desejo sexual sob a perspectiva dos teóricos da sexualidade, bem como um breve histórico da terapia sexual, para, em seguida, levar a compreensão da subjetividade inserida no contexto da sexualidade, que dará suporte teórico para o estudo do caso clínico. A metodologia adotada é a pesquisa qualitativa de Rey e, para tanto, serão apresentados seus principais fundamentos e métodos utilizados no contexto do processo psicoterápico, que envolve análise de informações, aplicação dos instrumentos, hipóteses levantadas pela pesquisadora, soluções e mudanças criativas evidenciadas ao longo do processo terapêutico. Não se pretende com este trabalho de pesquisa esgotar o tema e trazer conclusões definidoras do transtorno do desejo por não ser esta a proposta da psicoterapia nos termos da Teoria da Subjetividade. Pretende-se, sim, ao se analisar um caso clínico envolvendo queixa sexual, abrir um espaço para o diálogo e a reflexão para novas possibilidades de tratamento psicoterápico das demandas sexuais cada vez mais freqüentes no universo dos psicólogos clínicos.
Palavras-chave: Subjetividade
Sentidos subjetivos
Transtorno do desejo sexual
Psicoterapia
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2706
Data do documento: Jul-2007
Aparece nas coleções:PSI - Graduação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
20489930.pdf239,18 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.