Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2725
metadata.dc.type: Monografia
Title: A história de um bebê: um estudo de caso sobre a vinculação mãe-bebê separados pela internação do recém-nascido
Authors: Martins, Aline Moura Barros
Abstract: Esta pesquisa se caracteriza como um estudo de caso sobre a vinculação mãe-bebê, após a internação do recém-nascido. Sabe-se que a internação do bebê na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN), por sua prematuridade, constitui um momento de ruptura na relação entre a mãe e seu bebê. Desta forma, o presente estudo procurou demonstrar de que modo a vinculação afetiva pode ocorrer após a internação. Participou do estudo uma mãe que teve um parto prematuro na 28ª semana de gestação, cujo bebê necessitou ser encaminhado a UTIN. Como dados deste estudo, foi possível depreender que para a mãe em questão a internação do bebê não foi o principal fator de separação afetiva da díade mãe-bebê, sendo o seu histórico mais relevante para a não vinculação com o filho. Apesar disso, o encontro com o filho debilitado, a informação oferecida pela psicóloga do hospital sobre a importância do afeto materno para o desenvolvimento do bebê e o exemplo de uma mãe com o filho igualmente internado foram fatores contribuintes para que a vinculação ocorresse durante o período de internação. Para a psicologia este estudo ressaltou a importância do psicólogo na equipe de saúde como agente auxiliador na melhora da relação mãe-bebê e consequentemente no estado de saúde do bebê.
Keywords: Vínculo mãe-bebê
Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Prematuridade
Afeto materno
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2725
Issue Date: Dec-2012
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20765192.pdf504,38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.