Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2861
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTenório, Carlene Maria Diaspt_BR
dc.contributor.authorLima, Amanda Teresa Brykpt_BR
dc.date.accessioned2012-10-23pt_BR
dc.date.accessioned2012-10-30T18:07:37Zen_US
dc.date.accessioned2013-05-09T20:57:33Z-
dc.date.available2012-10-23pt_BR
dc.date.available2012-10-30T18:07:37Zen_US
dc.date.available2013-05-09T20:57:33Z-
dc.date.issued2006-06pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2861-
dc.description.abstractA presente monografia pretende fazer uma discussão sobre a formação do amor patológico e sua manifestação em mulheres que amam demais. A autora escolheu trabalhar com duas abordagens para melhor compreender o tema: a Psicanálise e a Gestalt-Terapia. Na visão psicanalítica é abordada a diferença entre paixão e amor, sendo explicada a escolha do objeto nas paixões amorosas com base no conceito de narcisismo primário. Na abordagem gestáltica é discutido o conceito de neurose e seu processo de formação pela cristalização de mecanismos de bloqueio de contato, assim como sua manifestação nas formas patológicas de relacionamento amoroso. O mito do amor romântico, como influência nas concepções que o sujeito tem sobre o amor, também é estudado neste trabalho, uma vez que esse tipo de amor é freqüente nas mulheres que amam demais. Foi concluído que a história de vida do indivíduo possui grande importância na formação de sua subjetividade e nas escolhas de seus relacionamentos amorosos, mas a influência da cultura não pode ser ignorada, pois as premissas sobre o amor, presentes no imaginário social, também aparecem nas diversas formas de amar.-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2013-05-09T20:57:33Z (GMT). No. of bitstreams: 2 20160723.pdf.txt: 182549 bytes, checksum: 9c20074f3247c0feea79afbb385bc95f (MD5) 20160723.pdf: 503067 bytes, checksum: f998b7d6f695aca7156822365ba62777 (MD5) Previous issue date: 2006-01en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.titleMulheres que amam demais: uma discussão teórica sobre o amor patológico em seus aspectos histórico-culturais e psicodinâmicospt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2006-06pt_BR
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20160723.pdf491.28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.