Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/3013
metadata.dc.type: Monografia
Title: Estudar para concurso público como comportamento de escolha
Authors: Landim, Thaís Félix de Almeida Paes
Abstract: Todo comportamento é um comportamento de escolha ou envolve escolha. Na Análise do Comportamento, escolha refere-se a um processo comportamental de um organismo que está em interação com duas ou mais alternativas oferecidas pelo ambiente, no qual o indivíduo tem que escolher a qual alternativa responder, pois essas respostas alternativas são incompatíveis, devido à impossibilidade de emiti-las simultaneamente. Nessas situações, um comportamento é controlado pelas conseqüências, mas além disso o comportamento é controlado pelas conseqüências para comportamentos alternativos e é influenciado por diversos fatores, entre eles o atraso do reforço, a magnitude de reforçamento, a probabilidade de se receber um determinado reforço, a freqüência de reforços, o comportamento verbal e a história de reforçamento. Geralmente, a situação de escolha envolve conflitos, pois as alternativas disponíveis para o indivíduo compõem-se não apenas de uma variável (ou parâmetro), mas de diferentes variáveis que, em geral, envolvem tanto reforçamento positivo quanto aversivo. A Lei da Igualação é um modelo teórico proposto para estudar o comportamento de escolha. A premissa teórica desse modelo está baseada na idéia de que a proporção de respostas tende a igualar a proporção de reforços. Esse modelo tem se mostrado de grande valia para estudar o comportamento de escolha em diferentes contextos e para descrever comportamentos de sujeitos humanos e não humanos em esquemas concorrentes. Posteriormente, essa lei foi estendida para outros parâmetros do reforço (atraso e magnitude). Essa lei é denominada de Lei Generalizada da Igualação e ela propõe que a distribuição de respostas tende a igualar as razões dos diferentes parâmetros do reforço. A teoria dos prospectos foi proposta para investigar situações de probabilidade de ganho e perda. Essa teoria estuda situações de risco que envolve a escolha (decisão) entre uma recompensa certa ou imediata e outra atrasada ou provável. O presente trabalho foi delineado para descrever o papel que algumas variáveis exercem no comportamento de escolha dos estudantes de concurso público. O estudo desses modelos teóricos proporcionou material para que relações fossem levantadas de forma hipotética sobre essa relação entre a escolha e o comportamento do estudante, porém pesquisas empíricas podem fornecer dados consistentes que corroborariam com a generalidade e a aplicação da Lei da Igualação no contexto do estudante de concurso público.
Keywords: Escolha
Análise do comportamento
Estudante de concurso público
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/3013
Issue Date: Jun-2008
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20310635.pdf419.8 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.