Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/3039
metadata.dc.type: Monografia
Title: A realidade dos portadores de DORT enfatizando a instituição caixa
Authors: Magalhaes, Aparecida Ribeiro de
Abstract: As Lesões por Esforços Repetitivos - LER, mais recentemente designadas pela Previdência Social brasileira pela sigla DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) têm aumentado em todo o mundo nos últimos 25 anos, sendo por isso, consideradas importante problema de saúde pública atualmente. As mudanças tecnológicas no ambiente e na organização do trabalho, nos últimos anos, tiveram papel importante no incremento da LER/DORT, pois imprimiram um aumento da freqüência de tarefas que necessitavam de um uso intenso dos membros superiores, com repetitividade de movimentos, ritmo de trabalho alto e, muitas vezes, com carga estática alta em membros. Dentre os trabalhadores dos vários segmentos da economia, os bancários têm uma predisposição ao aparecimento das LER/DORT, isto devido a aspectos físico-somáticos do indivíduo, associados às características das atividades que exercem. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo principal compreender o papel das LER/DORT na vida desses trabalhadores, tanto no aspecto profissional quanto no aspecto pessoal e na vida diária. A população estudada (n = 40) foi selecionada pelo método de conveniência, entre os empregados portadores de DORT, lotados em diversos setores da CAIXA no âmbito do Distrito Federal. O estudo foi realizado por meio de pesquisa de campo qualitativa e quantitativa, sendo que os dados foram coletados por meio de instrumento formulado com base em questionário padronizado para sintomas de LER/ DORT. Os movimentos e posturas mais freqüentes que se relacionam com a origem dos distúrbios e recorrência dos sintomas na amostra estudada foram os movimentos repetitivos de membros superiores, punhos e mãos, elevação de ombro, flexão de pescoço e uso direto do computador. Durante a manifestação dos sintomas identificaram-se principalmente fadigas físicas, depressão, revolta, ansiedade, sensação de inutilidade e irritabilidade. Os resultados estabelecem indícios entre as posturas e movimentos inerentes à atividade de bancário e o desenvolvimento de LER/DORT por estes profissionais, e sua influência na qualidade de vida, mostrando, ainda a necessidade de maiores informações sobre a LER/DORT. A invisibilidade - principal característica da doença - é causadora de muitos transtornos para o portador, que sofre descrédito no trabalho, na família e junto aos profissionais de saúde
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/3039
Issue Date: Jun-2005
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20059183.pdf520,27 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.