Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/635
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFaro, Fatima-
dc.contributor.authorPinto, Lucas Marquesen_US
dc.date.accessioned2012-09-24T19:35:10Zen_US
dc.date.accessioned2013-05-09T20:02:52Z-
dc.date.available2012-09-24T19:35:10Zen_US
dc.date.available2013-05-09T20:02:52Z-
dc.date.issued2012en_US
dc.identifier.urihttps://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/635-
dc.description.abstractO advento da globalização e da abertura econômica do Brasil na década de 1990 permitiu ao país ter acesso ao fluxo internacional de bens, serviços e capitais, o que ampliou a internacionalização de sua economia. Entretanto o Brasil ainda enfrenta uma série de barreiras internas que dificultam e até mesmo inviabilizam a sua participação no comércio internacional, mesmo em setores estratégicos como o da soja. Ainda que o país apresente um potencial natural para a produção do grão e detenha uma forte estrutura de pesquisa e desenvolvimento para técnicas agrícolas, a infraestrutura deficiente em seu território torna-se um entrave às operações logísticas envolvidas nas exportações de grãos de soja. Nesse sentido, o grande problema enfrentado na prática pelos exportadores brasileiros é o elevado custo relativo às operações de exportação desses grãos. Diante do cenário apresentado, o presente trabalho terá o objetivo de analisar o impacto que a infraestrutura brasileira exerce sobre a logística de distribuição de grãos de soja, que engloba basicamente a armazenagem, o escoamento dos grãos das fazendas até os portos marítimos e as operações portuárias. Buscou-se então analisar a infraestrutura envolvida nessas operações com o auxílio de teorias relacionadas ao comércio internacional, à interdependência, à globalização e ao papel do Estado na economia.-
dc.description.provenanceSubmitted by Rosemary Tourinho Pereira (rosemary.pereira@uniceub.br) on 2012-09-24T19:35:10Z No. of bitstreams: 1 20822795_Lucas Pinto.pdf: 1342683 bytes, checksum: 7fa315948062075af968cbe81586c7d4 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2012-09-24T19:35:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 20822795_Lucas Pinto.pdf: 1342683 bytes, checksum: 7fa315948062075af968cbe81586c7d4 (MD5) Previous issue date: 2012en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2013-05-09T20:02:52Z (GMT). No. of bitstreams: 3 20822795_Lucas Pinto.pdf.txt: 252258 bytes, checksum: 9148638b1b27844dab792cb2a42c12a9 (MD5) license.txt: 346 bytes, checksum: 6440c47a50909adf871d5cc0caf0b4f9 (MD5) 20822795_Lucas Pinto.pdf: 1342683 bytes, checksum: 7fa315948062075af968cbe81586c7d4 (MD5) Previous issue date: 2012en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectComércio internacionalpt_BR
dc.subjectInfraestruturapt_BR
dc.subjectExportaçãopt_BR
dc.subjectGrão de sojapt_BR
dc.subjectLogísticapt_BR
dc.titleA infraestrutura brasileira e os desafios na logística de distribuição de grãos de soja para exportaçãopt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2012en_US
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20822795_Lucas Pinto.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.