Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/12005
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPiscitelli, Rui-
dc.contributor.authorPeixoto, Armando Fortes-
dc.date.accessioned2018-05-10T18:13:35Z-
dc.date.available2018-05-10T18:13:35Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationPEIXOTO, Armando Fortes. Desjudicialização: novas práticas de resolução de conflitos e a contribuição do direito administrativo. 2016. 88 f. Monografia (Especialização Novas Tendências do Direito Público) - Instituto CEUB de Pesquisa e Desenvolvimento, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/12005-
dc.description.abstractO presente trabalho tem o intuito de analisar o poder da utilização do direito de ação pela sociedade civil. Este direito advindo da Constituição Federal traz à baila a possibilidade do cidadão em postular ao Poder Judiciário a resolução do conflito existente. A oportunidade de um acesso totalmente aberto ocasiona um vasto número de pedidos judiciais, o que, por decorrência, cria um acúmulo no sistema jurisdicional. Tem-se que esta ocorrência acaba por fomentar a litigiosidade latente, neste ponto, ocasionando novos conflitos sociais. Nesta mesma seara, o Direito Administrativo, por meio de métodos alternativos vem à baila com a tentativa de desafogar o Poder Judiciário e consequentemente prestar um serviço de melhor qualidade ao cidadão, além da trazer uma pacificação social, algo de extrema importância para o bom convívio da coletividade. Desta forma, este trabalho discorre sobre meios alternativos de solução de conflitos, de forma extrajudicial, vislumbrando uma desjudicialização. Relata no primeiro capítulo a abordagem de algumas temáticas a respeito da sociologia dos conflitos, deste modo demonstrando a necessidade da utilização de meios alternativos para que os litigantes solucionem seus imbróglios; o segundo descreve o acesso à justiça, fato este garantido pela Carta Magna, além de relacionar a função jurisdicional do Estado e, por ultimo, as ondas renovatórias, que teve seu escopo como a retirada do poder judiciário como meio único de prestação jurisdicional, trazendo a tona meios alternativos de resolução de conflitos; o terceiro capítulo foca na crise do Poder Judiciário perpassando pelo apoderamento deste poder, o abuso de ação e morosidade dos trâmites processuais fatos estes que retiram a boa prestação a sociedade; o quarto tem em seu cerne a Desjudicialização retratando a reforma do judiciário, meios alternativos de pacificação social, além do papel das Agencias Reguladoras e das Defensorias Públicas neste contexto e o novo Código de Processo Civil, análise da Lei de Mediação e o direito comparado no que tange as práticas alternativas de solução de conflitos, com o intuito de demonstrar eficiência e a colaboração com a pacificação social com a possiblidade de acesso a justiça, retornando assim a celeridade e o bom renome do Sistema Judiciário e, por fim, a Conclusão, na qual se observam os resultados advindos da utilização destes métodos.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Gisely Teixeira (gisely.teixeira@uniceub.br) on 2018-05-10T18:13:35Z No. of bitstreams: 1 51400204.pdf: 612914 bytes, checksum: d878b5d4f7e2dc00b7e2f779a503e6db (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-05-10T18:13:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 51400204.pdf: 612914 bytes, checksum: d878b5d4f7e2dc00b7e2f779a503e6db (MD5) Previous issue date: 2016en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectDireito processual civilpt_BR
dc.subjectAdministração públicapt_BR
dc.subjectPoder judiciáriopt_BR
dc.subjectDesjudicializaçãopt_BR
dc.subjectAcesso a justiçapt_BR
dc.titleDesjudicialização: novas práticas de resolução de conflitos e a contribuição do direito administrativopt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2016-
Appears in Collections:DIR - Pós-graduação em Novas tendências do direito público

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
51400204.pdf598,55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.