Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5617
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBündchen, Júlia Khodr-
dc.date.accessioned2014-09-25T18:11:43Z-
dc.date.available2014-09-25T18:11:43Z-
dc.date.issued2014-09-25-
dc.identifier.urihttps://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5617-
dc.description.abstractEste trabalho trata da responsabilidade civil dos provedores de conteúdo de internet em virtude dos comentários ofensivos aos direitos de personalidade inseridos por terceiros nas redes sociais. Para tanto, possui como objetivo analisar o instituto da responsabilidade civil dos provedores de conteúdo, sob a ótica do Código de Defesa do Consumidor, da jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e do Projeto de Lei n. 2126/2011, também conhecido como Marco Civil da Internet. Pela incidência do Código do Consumidor aplicar-se-á ao provedor de conteúdo a responsabilidade civil objetiva. Em contrapartida, a jurisprudência pátria analisada inclina o seu entendimento para a isenção da responsabilidade civil, exceto em casos que os provedores mantêm-se inerte quanto à remoção de conteúdo ofensivo após ser notificado, recaindo sobre ele a responsabilidade civil subjetiva por omissão, solidariamente com o autor. O Marco Civil da Internet segue essa mesma linha de pensamento, no entanto entende que em regra a responsabilidade civil subjetiva por omissão somente incidirá sobre o provedor de conteúdo após ordem judicial para a retirada de determinada mensagem, foto ou vídeo ofensivo. Para que se compreendesse o tema, foi trazido à baila o conceito de direito de personalidade, em específico, o direito à privacidade, à intimidade, à honra e à imagem; os aspectos gerais da responsabilidade civil; além das especificidades dos provedores de internet. Constatou-se que para evitar a divergência da aplicação da responsabilidade civil dos provedores por atos de terceiros há necessidade de uma tutela específica, razão pela qual se conclui que o Marco Civil da Internet é uma evolução, pois a forma como aplica a responsabilidade civil ao provedor de conteúdo é mais equilibrada do que as demais analisadas, tendo em vista a preservação dos direitos de liberdade de expressão e a garantia dos direitos de personalidade dos internautas nas redes sociais.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Haia Cristina Rebouças de Almeida (haia.almeida@uniceub.br) on 2014-09-25T18:11:43Z No. of bitstreams: 1 20959832.pdf: 714955 bytes, checksum: 9b3a9b685229bf01d4f1aa92b8031858 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2014-09-25T18:11:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 20959832.pdf: 714955 bytes, checksum: 9b3a9b685229bf01d4f1aa92b8031858 (MD5)en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectDireito de personalidadept_BR
dc.subjectResponsabilidade civilpt_BR
dc.subjectProvedor de conteúdopt_BR
dc.subjectRede socialpt_BR
dc.subjectMarco Civil da Internetpt_BR
dc.titleA responsabilidade civil do provedor de conteúdo diante de comentáros ofensivos inseridos por terceiros nas redes sociaispt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2014-
dc.identifier.orientadorFrota, Pablo Malheiros da Cunhapt_BR
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20959832.pdf698,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.