Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6539
metadata.dc.type: Dissertação
Title: As configurações subjetivas de mulheres com câncer de mama
Authors: Bessa, Larissa Medeiros
Abstract: Esta pesquisa discute principalmente os aspectos subjetivos relacionados ao processo de adoecimento do câncer de mama, visto que a doença é considerada um processo complexo que se organiza subjetivamente. Por meio de dois estudos de casos, analisa-se o sistema de adoecimento a partir das produções simbólico-emocionais, que emergem no curso da experiência da mulher, e dos diferentes posicionamentos que a mesma assume diante dessa nova vivência, sublinhando a singularidade inerente ao sujeito. Logo, no presente trabalho, objetivou-se primordialmente estudar as configurações subjetivas de mulheres com câncer de mama, sobretudo a partir das categorias de sentido subjetivo, subjetividade individual e social, configuração subjetiva e sujeito. Destarte, a Teoria da Subjetividade e a Epistemologia Qualitativa, apoiada no caráter construtivo e interpretativo da investigação, ambas desenvolvidas por González Rey, representam a base desta dissertação, de forma a enfatizar os aspectos singulares e complexos constituintes da pessoa. Os instrumentos utilizados envolveram a dinâmica conversacional e o complemento de frases, ambos facilitadores dos processos dialógicos que surgiram entre a pesquisadora e as participantes, os quais permitiram o desenvolvimento de hipóteses e indicadores na construção de informação. Pôde-se apreciar que a produção subjetiva de cada mulher é indissociada de sua história de vida, seus hábitos e valores, bem como do contexto social que atualmente participa. Assim, os processos subjetivos das mulheres, aqui estudados, integraram sentidos subjetivos relacionados a essas outras dimensões, não estando restritos ao espaço simbólico da doença. Nesse sentido, este estudo defende o resgate da singularidade do sujeito que adoece, não só no desenvolvimento de pesquisas científicas como também nos acompanhamentos psicológicos e, inclusive, nas intervenções médicas. Revela-se a importância da presente pesquisa frente à possível contribuição para uma melhor qualidade de vida daquele que adoece, considerando que o conhecimento dos processos subjetivos facilita alternativas nas relações que propiciem a essas pessoas projetos de vidas atuais, os quais representam meios possíveis de produção de sentidos subjetivos cruciais para a produção do bem-estar do sujeito.
Keywords: Processo subjetivo
Câncer de mama
Singularidade
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6539
Issue Date: 6-May-2015
Appears in Collections:PSI - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
61200897.pdf695,92 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.