Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6612
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMontenegro, Maria Eleusa-
dc.contributor.authorOliveira, Alessandra Xavier da Silva-
dc.contributor.authorOliveira, Cândida Lúcia Guimarães de-
dc.contributor.authorFerreira, Claudete Maria-
dc.contributor.authorOliveira, Janete da Silva-
dc.contributor.authorOliveira, Neiva Joaquim de-
dc.date.accessioned2015-06-12T14:16:04Z-
dc.date.available2015-06-12T14:16:04Z-
dc.date.issued2005-
dc.identifier.urihttps://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6612-
dc.description.abstractO fracasso escolar e a repetência têm sido presença marcante nas escolas onde as professoras pesquisadoras trabalham. Por isso, optou-se em trabalhar esse tema. Ao longo da realização desta pesquisa, de cunho qualitativo, buscou-se conhecer as dificuldades de escrita dos os alunos e coletar contribuições para superação da dificuldade de aprendizagem na escrita, em alunos de turmas de 4ª série, envolvendo professores da rede pública do Distrito Federal e do Estado de Goiás. Procurou-se identificar o que seria um aluno com dificuldade de aprendizagem na escrita; coletou-se argumentações de alguns estudiosos para se saber o que seriam essas dificuldades e utilizou para coleta de dados a entrevista. As categorias selecionadas para a pesquisa foram: causas da dificuldade da escrita; atuação do professor; detecção da dificuldade; parceria entre leitura e escrita; a relação leitor/escritor; e contribuições para superação. Os principais resultados e conclusões do trabalho foram que professor, aluno, família e escola têm que prestar sua contribuição para superação do problema; uma das sugestões consensuais foi uma maior abertura para expansão da leitura dentro e fora do ambiente escolar, onde o professor deve estimular de maneira atraente o envolvimento do aluno com textos escritos. No entanto, a família também deve acompanhar esse trabalho para que, posteriormente, esse aluno torne-se um produtor textual, superando a dificuldade de aprendizagem na escrita detectada anteriormente. Vale ressaltar que, a relação que o professor mantém com o aluno, também se constitui num fator de motivação e confiança, pois os aproximam, e permite ao professor identificar o crescimento e o esforço, mantendo sempre uma atitude de cordialidade e de respeito.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Haia Cristina Rebouças de Almeida (haia.almeida@uniceub.br) on 2015-06-12T14:16:04Z No. of bitstreams: 1 40261158.pdf: 177885 bytes, checksum: 81971ab368f327bf66de4a6939ab4d21 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-06-12T14:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 40261158.pdf: 177885 bytes, checksum: 81971ab368f327bf66de4a6939ab4d21 (MD5)en
dc.language.isoporpt_BR
dc.subjectEscritapt_BR
dc.subjectAprendizagempt_BR
dc.subjectLeiturapt_BR
dc.titleContribuições para o problema da dificuldade de aprendizagem da escritapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2005-
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40261158.pdf173.72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.