Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7023
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMendonça, Eduardo Bastos Furtado de-
dc.contributor.authorNogueira, Natascha Brazil-
dc.date.accessioned2015-08-11T16:08:12Z-
dc.date.available2015-08-11T16:08:12Z-
dc.date.issued2015-08-11-
dc.identifier.urihttps://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7023-
dc.description.abstractA presente monografia tem por objetivo a reflexão acerca do instituto da licença paternidade, analisado sob a ótica do princípio da isonomia, e as consequências geradas pela falta de legislação específica que regulamente tal instituto. Buscamos analisar se a falta de regulamento específico para a licença paternidade estaria trazendo prejuízos à isonomia entre gêneros, e, em que termos a legislação específica acerca da referida matéria poderia beneficiar a divisão mais igualitária de deveres e direitos de ambos os gêneros, promovendo mais amplamente a isonomia. O tema é desenvolvido sob a perspectiva do Estado Constitucional e a relevância dos direitos fundamentais dentro deste. Através do estudo interdisciplinar acerca da matéria e a utilização do direito comparado, tendo a Suécia como parâmetro para tal comparação, procuramos retratar a realidade dos gêneros e as mudanças sofridas ao longo dos anos que não foram acompanhadas pela legislação, frisamos durante este trabalho a repercussão que a falta da legislação específica sobre a licença paternidade acarreta, criando o debate acerca da possibilidade de tais repercussões serem prejudiciais e contrárias ao princípio da isonomia. Restou demonstrado por este trabalho que há a necessidade de uma lei que regulamente de maneira específica a licença paternidade em moldes atualizados e alinhados com a realidade social e a projeção futura que se deseja para o país dentro da questão da isonomia de gêneros, sendo danoso â ambos os sexos a situação atual na qual se encontra o ordenamento.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Haia Cristina Rebouças de Almeida (haia.almeida@uniceub.br) on 2015-08-11T16:08:11Z No. of bitstreams: 1 21009222.pdf: 862724 bytes, checksum: 2af912a16a8afeedf24f1c2d6dc290a0 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-08-11T16:08:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 21009222.pdf: 862724 bytes, checksum: 2af912a16a8afeedf24f1c2d6dc290a0 (MD5)en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectLicença-paternidadept_BR
dc.subjectIsonomiapt_BR
dc.subjectDireito fundamentalpt_BR
dc.subjectEstado constitucionalpt_BR
dc.titleA legislação específica que regulamente a licença paternidade: o primeiro passo para a garantia da igualdade entre gêneros prevista no artigo 5º, I da Constituição Federalpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2014-11-
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21009222.pdf842,5 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.