Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/8160
metadata.dc.type: Monografia
Title: Envelhecimento e subjetividade contemporânea: uma leitura psicanalítica
Authors: Boldo, Síglia Meirelles
Abstract: O tema abordado no trabalho refere-se ao envelhecimento e subjetividade contemporânea: uma leitura psicanalítica. O presente estudo objetivou investigar a influência da cultura do narcisismo sobre a rejeição e o temor de envelhecer; se os idosos se deixam levar pela influência da mídia que preconiza o mito da eterna juventude; a sua relação com as experiências corporais impostas e quais as repercussões psicossociais desta adesão; se os idosos rejeitam a sua realidade diante do temor do envelhecimento e qual é o lugar do idoso na sociedade contemporânea. O percurso do pensamento que foi utilizado para a elaboração deste trabalho procurou responder a questões ligadas à subjetividade contemporânea, mais precisamente a forma como a sociedade voltada para a cultura do narcisismo percebe o envelhecimento no mundo contemporâneo. Esta é uma pesquisa teórica de inspiração psicanalítica, com acréscimo de vivência prática, fragmentos da convivência com pessoas da terceira idade. Na parte teórica aprofundamos a pesquisa através dos conceitos de corpo, contemporaneidade, narcisismo, estádio do espelho, subjetividade, gozo, envelhecimento psíquico, entre outros. Para tanto, buscou-se as ideias de Sigmund Freud, Jacques Lacan, bem como de outros autores psicanalíticos. Contamos também com as contribuições de autores contemporâneos tais como os filósofos Simone de Beauvoir, Michel Foucault, o sociólogo Zygmunt Bauman, entre outros. Na discussão foram utilizadas seis categorias escolhidas de acordo com o resultado das conversas informais que tivemos com os idosos, a saber: psiquismo saudável no envelhecimento; dependência psíquica no envelhecimento; revivências das relações amorosas no envelhecimento; dificuldades em lidar com o envelhecimento; modos de gozo da sociedade contemporânea; preconceito. A análise dos resultados mostrou que esse público prioriza comportamentos consequentes para uma vida mais saudável e integrada, dando importância ao binômio mente e corpo, embora ainda haja influência da cultura do narcisismo sobre a rejeição e o temor de envelhecer. Também se percebeu que a mídia exerce ascendência sobre uma pequena parcela dos idosos. Notamos, do mesmo modo que a sociedade necessita se adequar à terceira idade. Concluímos que as opiniões dos idosos nos ajudam a pensar que existe outro modo de ser e estar neste mundo contemporâneo, um modo de ser que valoriza a autonomia, as diferenças, a diversidade de escolhas, a criatividade e a responsabilidade por atos e preferências.
Keywords: Subjetividade
Contemporaneidade
Envelhecimento
Narcisismo
Gozo
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/8160
Issue Date: 26-Feb-2016
Appears in Collections:PSI - Pós-graduação em Teoria psicanalítica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
51105302.pdf329,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.