Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/8405
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGico Junior, Ivo Teixeira-
dc.contributor.authorCapanema, Renato de Oliveira-
dc.date.accessioned2016-04-05T19:16:47Z-
dc.date.available2016-04-05T19:16:47Z-
dc.date.issued2016-04-05-
dc.identifier.citationCAPANEMA, Renato de Oliveira. Compliance empresarial como mecanismo de redução da corrupção: o papel da coordenação-geral de integridade da CGU. 2015. 51 f. Monografia (Graduação) - Faculdade de Ciências Sociais e Jurídicas, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/8405-
dc.description.abstractO governo pode atuar como indutor de boas práticas no setor privado. A Lei Anticorrupção tem mudado racionalidade do mercado, uma vez que asempresas buscam, cada vez mais, internalizar os custos prováveis de responsabilização, tornando-se economicamente vantajoso investir em prevenção. A Lei criou também incentivos adicionais para as empresas adotarem programas de compliance, cuja avaliação está a cargo da Coordenação-Geral de Integridade - CGINT, unidade técnica da Controladoria-Geral da União. A CGINT avalia os programas de compliance das empresas com base nos critérios estabelecidos no Decreto 8420/2015 e Portaria CGU 909/2015, normativos regulamentores da Lei Anticorrupção no âmbito do Poder Executivo federal. O comprometimento da alta administração e a análise de riscos são elementos centrais para a criação e aprimoramento dos programas. Nos processos administrativos de responsabilização, a comprovação da efetividade do programa de compliance gera redução da multa aplicável; nos acordos de liniência, é possível estabelecer cláusulas que vinculam obrigações futuras às empresas.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Camila Loscha (camila.loscha@uniceub.br) on 2016-04-05T17:14:50Z No. of bitstreams: 1 20952652.pdf: 928580 bytes, checksum: a7ceb2dd375273870996e493a9d626f1 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Rayanne Silva (rayanne.silva@uniceub.br) on 2016-04-05T19:16:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 20952652.pdf: 928580 bytes, checksum: a7ceb2dd375273870996e493a9d626f1 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-05T19:16:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 20952652.pdf: 928580 bytes, checksum: a7ceb2dd375273870996e493a9d626f1 (MD5) Previous issue date: 2016-04-05en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectCGINTpt_BR
dc.subjectLei anticorrupçãopt_BR
dc.subjectIncentivopt_BR
dc.subjectPrograma de compliancept_BR
dc.titleCompliance empresarial como mecanismo de redução da corrupção: o papel da coordenação-geral de integridade da CGUpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2015-
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20952652.pdf906.82 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.