Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/8586
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Da contradição à colaboração: crítica da alienação da socialidade capitalista
Authors: Seabra, Raphael Lana
Abstract: Neste trabalho buscamos compreender o aprofundamento da experiência da alienação da classe trabalhadora na contemporaneidade. No primeiro momento, realizamos o resgate dos fundamentos da ontologia social marxiana e lukacsiana e apresentamos a especificidade do ser social, o trabalho. De tal modo, o trabalho não é reconstituído somente como antagonista do capital, mas como agente soberano criativo do processo contínuo de humanização do ser social. No segundo momento, com base nos Manuscritos Econômico-Filosóficos analisamos o conceito-chave alienação de modo que ressaltamos não só as possibilidades de superação deste fenômeno, como quatro aspectos que o fundamentam: o homem alienado da natureza, o homem alienado de si mesmo, o homem alienado do gênero e o homem alienado do outro homem. Também, procuramos avançar na compreensão de sua substancialidade através do conceito de personificações do trabalho e do capital, não no sentido da identidade sujeito-objeto, mas na internalização das necessidades de valorização do capital como necessidades subjetivas. No terceiro momento, avaliamos as condições históricas que compõem a dinâmica do capital e as peculiaridades que compõem seu sistema orgânico, assim como os traços que distinguem suas diversas formas. Frente as transformações mais recentes na esfera de acumulação do capital, desde sua crise estrutural até as diversas experiências produtivas, apontamos o modelo produtivo toyotista como "momento predominante" da produção global de mercadorias. No quarto momento, centralizamos nossas atenções em três categorias profissionais distintas - bancários, tele-operadores e operadores de caixa em supermercados - no intuito de verificar a continuidade e o aprofundamento da experiência da alienação no cotidiano do trabalho. A leitura de nossa pesquisa de campo revelou que apesar do recurso a práticas mais "humanizadoras" e até mesmo o "rebatizado" da classe trabalhadora em colaboradores, não representa de fato um avanço no fim do fenômeno da alienação e muito menos na extinção das contradições clássicas entre capital e trabalho.
Keywords: Relações de trabalho
Ontologia
Trabalho
Socialidade
Socialidade
Alienação
Capitalismo
Citation: SEABRA, Raphael Lana. Da contradição à colaboração: crítica da alienação da socialidade capitalista. 2008. 131 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) -Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/8586
Issue Date: 24-Jun-2010
Appears in Collections:HIS - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Da contradição à colaboração- critica da alienação da socialidade capitalista.pdf551,18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.