Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/9873
metadata.dc.type: TCC
Title: Ruanda: o holocausto que as Nações Unidas ignoraram
Authors: Melo, Thiago Rodrigues de
Abstract: A monografia analisa o genocídio ocorrido em Ruanda de abril a julho de 1994. Um período de 100 dias ao longo dos quais um milhão de pessoas foram assassinadas em uma tentativa de extermínio étnico por parte do governo daquele país. O objetivo é avaliar a participação das Nações Unidas no conflito e, assim, demonstrar a influência que as grandes potências exercem dentro do Conselho de Segurança da ONU. Para isso é estudada uma situação de crise que demandaria uma ação urgente das Nações Unidas, mas que não fazia parte da lista de prioridades daquelas potências. É mostrado, então, como as Nações Unidas parecem funcionar como um palco para a defesa dos interesses de alguns poucos países e não como uma organização multilateral que busca a paz mundial e a defesa dos direitos humanos, tal como determinado em sua carta de fundação. Da mesma maneira, analisa-se a existência de um governo totalitário em Ruanda, responsável por dar início a um forte processo de massificação da população do país, condição fundamental para a adesão da quase totalidade dos membros da etnia hutu ao genocídio dos integrantes da minoria étnica tutsi. Para essa analise são utilizadas as idéias de Hannah Arendt sobre os governos totalitários, teoria que em muitos momentos reflete a realidade de Ruanda. A estratégia militar também é estudada e comprova como ações simples por parte das forças da ONU em Ruanda poderiam ter influenciado os desdobramentos do genocídio, mas não chegaram a ser postas em prática. Por outro lado, é analisada a questão da obrigatoriedade do cumprimento dos tratados internacionais e como as diretrizes contidas nesses tratados parecem não se aplicar quando se mostram contrárias aos interesses das grandes potências mundiais. Por fim, é mostrado como essa forte influência externa se constitui em uma grave falha do sistema ONU e como o futuro das Nações Unidas está diretamente ligado à melhoria e à reforma de seu Conselho de Segurança, responsável pela segurança mundial.
Citation: MELO, Thiago Rodrigues de. Ruanda: o holocausto que as Nações Unidas ignoraram. 2004. 123 f. Monografia (Graduação) - Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2004.
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/9873
Issue Date: 2004
Appears in Collections:REL - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20076085.pdf784.33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.