Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/13610
metadata.dc.type: Monografia
Title: Cuidados paliativos em pacientes geriátricos na unidade de emergência: perfil epidemiológico, avaliação de indicação, desfechos e contexto financeiro
Authors: Perez, André Augusto Gomes
Abstract: Introdução: Os cuidados paliativos (CP) estão associados a melhor qualidade nos momentos finais da vida. Entender a importância da indicação de CP na emergência leva a um melhor cuidado para o paciente e família e reduz custos associados ao cuidado. Objetivos: Caracterizar a população de pacientes geriátricos internados na emergência do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) com indicação de CP e as condutas tomadas pela equipe médica. Comparar o perfil com aqueles não elegíveis, e analisar os custos relacionados ao cuidado. Método: Trata-se de um estudo observacional, retrospectivo, quantitativo e descritivo, realizado na unidade de emergência do HRSM, Distrito Federal. Os dados foram coletados por meio do prontuário eletrônico. Pesquisa apreciada sob o CAAE: 04769418.2.0000.0023. Resultados: A média de idade foi de 72,99 (±9,0) anos, sendo 57,43% feminino, com tempo de internação de 22.0 (±30.3) dias. A principal causa que determinou a necessidade de internação em BOX foi cardiovascular (36.6%), 52.4% apresentaram indicações de CP, o maior grupo (29.2%) por não serem candidatos à terapia curativa, entretanto, apenas 11.2% dos elegíveis receberam CP. Destes 64.3% receberam medida paliativa (p<0,001). Embora descritas, não houve diferença na implementação de medidas de suporte de vida (TOT, SVD, SNE, SVD e ATB) entre estes grupos. Não houve relação entre doença em estado terminal e indicação de CP pela equipe (p=0,056). Dos que receberam CP, 42.8% dos tinham síndrome de fragilidade e 25.6%, câncer. Quanto aos custos, o custo médio paciente/dia no pronto-socorro foi de R$ 137,61, e o custo médio do paciente em UTI foi de R$ 4.617,49. Caso implementadas as medidas paliativas nos pacienteselegíveis haveria uma economia teórica de 46,5% dos gastos nos pacientes em CP ou 24.4% dos gastos totais, calculado próximo a R$1.822.964,23, ou R$985,04 leito/dia. Conclusão: Considerada a literatura para CP em idosos na emergência, houve menor indicação de CP pela equipe médica. Apresentaram menor utilização de medidas paliativas, com exceção de sedação paliativa, mas semelhante quando comparadas às medidas adotadas em pacientes com expectativa de vida maior do que um ano. A introdução de CP nestes pacientes foi custo-efetiva, com valores semelhantes aos da literatura.
Keywords: Cuidado paliativo
Emergência
Geriatria
Citation: PEREZ, André Augusto Gomes. Cuidados paliativos em pacientes geriátricos na unidade de emergência: perfil epidemiológico, avaliação de indicação, desfechos e contexto financeiro. 2019. Monografia (Graduação em Medicina) – Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2019.
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/13610
Issue Date: 21-May-2019
Appears in Collections:MED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21395861.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.