Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2375
metadata.dc.type: Monografia
Title: Aspectos fisiológicos da dormência em sementes
Authors: Silva, Maria de Jesus Elias
Abstract: As sementes têm uma importante função na dispersão e sobrevivência de muitas espécies vegetais. Pode-se dizer que é o elemento principal na diversificação e desenvolvimento da agricultura. A dormência pode ser definida como uma série de fatos seqüenciais, fisiológicos, que é influenciada através de fatores externos, ditos ambientais, e internos como hormônios, inibidores e promotores da germinação. Cada fator pode atuar por si ou em interação com os demais. Muitos são os fatores que causam a dormência como a ação do tegumento, imaturidade do embrião e inibidores químicos. Já a quebra da dormência e conseqüentemente a germinação, podem ocorrer devido à ação da luz, temperaturas, disponibilidade de água e oxigênio entre outros. O termo dormência de sementes aplica-se à condição das sementes viáveis que não germinam apesar de lhes serem fornecidas as condições ambientais adequadas para germinarem, existindo portando a necessidade de condições ideais como luz, condições específicas como a relação de interação com outro organismo ou ainda pela ação de tratamentos. O fenômeno da dormência nas sementes provém da adaptação das espécies às condições ambientais para garantirem vantagens na reprodução em ambientes onde existe situação de estresse. É, portanto, um recurso utilizado pelas plantas para germinarem na época apropriada ao seu desenvolvimento, facilitando à perpetuação da espécie e menor gasto de energia.
Keywords: Semente
Dormência
Cerrado
Fisiologia vegetal
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2375
Issue Date: 2003
Appears in Collections:BIO - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20133703.pdf407,16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.