Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2439
metadata.dc.type: Monografia
Title: Análise qualitativa das principais captações da Bacia do Rio São Bartolomeu utilizadas para abastecimento público
Authors: Sallas, Janaina
Abstract: O trabalho tem como objetivo demonstrar o estado de preservação das principais captações da bacia do rio São Bartolomeu (Quinze, Pipiripau, Brejinho, Fumal, Mestre d´Armas, Corguinho, Paranoazinho) que abastecem as regiões administrativas de Planaltina, Sobradinho e Vale do Amanhecer. Os dados analisados foram cedidos pelo laboratório de Controle de Qualidade de Água/CAESB no período de janeiro de 1995 a dezembro de 2000. A metodologia foi baseada em dados físicos – químicos (cor, turbidez, pH, cloreto, demanda química de oxigênio, ferro total) e bacteriológicos (coliforme total e fecal) onde esse conjunto constitui o Índice de Qualidade instrumento utilizado pela CAESB como indicador de qualidade de água. Assim, os parâmetros foram analisados nas estações de seca (maio a setembro) e chuvosa (outubro a abril), juntamente com as características físicas do Distrito Federal (limites geográficos, clima, uso e ocupação do solo, vegetação, unidades de conservações e ocupação territorial) onde dessa associação caracterizou-se e classificou-se a qualidade da água nas captações. O resultado apresentou um estado de preservação adequado, onde as captações em estudo foram classificadas em: 57,14% em BOA, Pipiripau, Fumal, Mestre d´Armas e Quinze e 42,85% em MUITO BOA, Brejinho, Paranoazinho e Corguinho, baseadas com a classificação das curvas de qualidade por Scotthis Development Department e adaptado pela CAESB e/ ou CONAMA 020/86. Entretanto, nota-se um decréscimo considerado na estação chuvosa dos parâmetros que influenciam na qualidade de água, turbidez e coliforme total, onde esses foram estipulados como indicadores de preservação e contaminação, respectivamente.Esse decréscimo é resultante dos conflitos relacionados à bacia (em estudo) onde existe uma crescente expansão das áreas agrícolas e crescimento populacional acelerado. Os prováveis impactos são a inutilização desses mananciais para abastecimento, aumento das doenças de origem e transmissão hídrica e escassez dos recursos hídricos. As medidas corretivas/ mitigadoras são: sensibilização e conscientização quanto à importância, escassez, riscos de doenças para a população.
Keywords: Qualidade da água
Bacia do Rio São Bartolomeu
Manancial
Recurso hídrico
Água
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2439
Issue Date: 2002
Appears in Collections:BIO - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
9765548.pdf2,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.