Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2449
metadata.dc.type: Monografia
Title: Os efeitos psicossomáticos do estresse
Authors: Candeira, Michele Campos
Abstract: A palavra estresse se divide em dois significados diferentes: eustresse (estresse positivo) e distresse (estresse negativo). O estresse é a resposta que o organismo envia, devido a pressões sofridas pelos chamados agentes estressores. O que acontece são alterações psicofisiológicas, em decorrência de situações enfrentadas com freqüência (pressões no trabalho, vida emocional) que alteram a homeostase (equilíbrio) do indivíduo. A ação do agente estressor é percebida inicialmente pelo sistema nervoso periférico, o qual envia sinais para o cérebro. A informação é retroalimentada pelo sistema límbico, onde há uma interpretação emocional, fazendo liberar uma série de hormônios por várias glândulas. Em todo esse processo de resposta do organismo, são desencadeadas alterações não só emocionais como também físicas. Os sintomas do diagnóstico do estresse vão desde irritabilidade ou hipersensibilidade emotiva até doenças no coração e alterações no sistema imunológico. Para o tratamento são aconselhados exercícios físicos, alimentação saudável e, em alguns casos, medicamentos. O estresse se relaciona com a baixa imunidade, deixando o organismo suscetível até ao câncer.
Keywords: Psicossomática
Psicofisiologia
Estressor
Homeostase
Resistência
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2449
Issue Date: 2002
Appears in Collections:BIO - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
9811157.pdf353,06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.