Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2629
metadata.dc.type: Monografia
Title: Inclusão escolar: a necessidade do acompanhante terapêutico no contexto escolar em casos específicos
Authors: Tezell, Raquel Lima
Abstract: A finalidade deste trabalho foi demonstrar que há casos específicos de alunos que, devido à maneira que a inclusão escolar é feita atualmente, é necessário que se tenha um profissional especializado, sendo sugerido o Acompanhante Terapêutico. A inclusão escolar é uma prática que se preocupa com a participação de qualquer aluno em escolas comuns, visto que é dever da instituição de ensino adaptar a estrutura física e curricular para acolher essa diversidade de alunos. O Acompanhante Terapêutico é um profissional que, no âmbito escolar, tem a função de intermediar a relação aluno-professor, agindo como intérprete e tradutor do indivíduo acompanhado, finalizando sua intervenção no momento em que a sala de aula se torna um ambiente acolhedor para determinada criança. O Acompanhante Terapêutico pode ser um parceiro na inclusão escolar. Porém, essa proposta de parceria é atribuída a casos que necessitam de um manejo específico, como as crianças diagnosticadas com Autismo e Síndrome de Asperger. Essa sugestão foi sustentada a partir da experiência da autora, que atua como Acompanhante Terapêutica, em uma escola, de uma criança com Autismo. Assim, o presente trabalho inicia-se revendo o histórico da concepção social do indivíduo com sofrimento psíquico grave e dos deficientes mentais, seguido de um breve histórico da educação especial no mundo e no Brasil. Logo após, é discutido a proposta de inclusão escolar a fim de se analisar a prática do Acompanhante Terapêutico no âmbito escolar. Foi realizada a coleta de dados com quatro professores, três graduados e um que atua como auxiliar de sala, que presenciaram e/ou presenciam o processo de inclusão escolar sendo feito por intermédio de um Acompanhante Terapêutico. Nos resultados dessa pesquisa, foi tido como categorias principais: a concepção de inclusão escolar; a participação da escola nesse processo de inclusão; a maneira como a inclusão escolar está sendo executada; a realização de um trabalho em equipe; a percepção de cada participante sobre o papel do Acompanhante Terapêutico no contexto escolar, assim como a sua importância e a reflexão sobre a possibilidade de dependência da criança e do professor em relação ao Acompanhante Terapêutico. Desse modo, foi constatada a falta de preparo dos professores para ministrarem aula em uma sala que possuía uma criança com Autismo, sustentando a idéia de que para alguns casos específicos é necessário o Acompanhante Terapêutico, pois este possui o conhecimento preciso para facilitar o processo de desenvolvimento cognitivo e de aprendizagem de determinado aluno.
Keywords: Indivíduo com necessidade especial
Inclusão escolar
Acompanhamento terapêutico
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2629
Issue Date: Jul-2008
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20361967.pdf388.55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.