Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2692
metadata.dc.type: Monografia
Title: Auto-estima na perspectiva do behaviorismo radical
Authors: Caixeta, Bruno Alves
Abstract: A proposta do presente trabalho foi discutir o tema auto-estima na perspectiva do Behaviorismo Radical. O termo, inicialmente proposto dentro da psicologia, foi amplamente disseminado na linguagem cotidiana. Como demais termos psicológicos, o conceito vem resumir conjuntos de comportamentos públicos, privados, operantes e respondentes. Além disso, o termo está amplamente relacionado às explicações que tratam dessa temática como iniciadora da ação. Este trabalho expõe a proposta de Skinner em tratar a auto-estima com base no reforçamento positivo de origem social, focando, assim, o aumento na freqüência de emissão de comportamentos socialmente aceitos. Ao mesmo tempo, também se descreve o efeito oposto sobre aqueles comportamentos que não são reforçados ou são punidos, socialmente, em que, provavelmente, se observará uma diminuição na freqüência de emissão. Paralelamente, respostas de fuga e esquiva podem passar a ocorrer frente às situações nas quais tais comportamentos foram socialmente punidos no passado. Estas situações irão adquirir funções aversivas condicionadas para o indivíduo. As contingências sociais aversivas, quando freqüentes, podem produzir respostas de auto-observação e auto-descrição imprecisas, de modo que o indivíduo pode formular auto-regras que predizem o não reforçamento ou a punição social. Dentre as respostas de fuga e esquiva, pode ser freqüente a emissão de respostas verbais manipulativas, como tatos distorcidos e mandos disfarçados de tatos. Os comportamentos descritos acima são os usos mais comuns do termo auto-estima. Considerando esses comportamentos que o termo resume e a necessidade de se investigar a relação entre comportamento e ambiente na perspectiva do Behaviorismo Radical, o uso do termo se mostra desnecessário por apresentar resumos de comportamentos que nada explicam ou que conduzem ao erro quando se pretende fazer uma análise do comportamento.
Keywords: Autoestima
Análise do comportamento
Reforçador social
Punidor social
Citation: CAIXETA, Bruno Alves. Auto-estima na perspectiva do behaviorismo radical. 2009. 50 f. Monografia (Graduação em Psicologia) – Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2009.
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2692
Issue Date: Jul-2009
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20460330.pdf244.39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.