Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2759
metadata.dc.type: Monografia
Title: Os processos subjetivos de pacientes hipertensos em psicoterapia
Authors: Schlottfeldt, Jéssica Silveira
Abstract: O objetivo geral desta pesquisa é compreender os efeitos da psicoterapia para a mudança da qualidade de vida de pacientes hipertensos. Encontra-se no estudo das configurações e dos sentidos subjetivos e das subjetividades individual e social associados a hipertensão um tema de relevância para a psicologia. A saúde é um sistema complexo que se expressa como processo e como configuração, sendo, portanto sensível de múltiplas influências, entre elas as relacionadas ao modo de vida e aos aspectos subjetivos das pessoas, temas onde o aporte da psicologia torna-se especialmente relevante. Esta pesquisa se apóia na teoria da subjetividade numa perspectiva histórico – cultural, proposta por González Rey (1995, 2002, 2005, 2007) e por técnicas psicoterápicas baseadas na metodologia da pesquisa. Nos orientamos neste estudo por uma metodologia qualitativa de caráter construtivo-interpretativo (González Rey, 1997, 2002, 2005). Os instrumentos utilizados são o completamento de frases e a dinâmica conversacional, cujos resultados serão analisados a partir da Teoria da Subjetividade (González Rey, 2003) apoiados na Epistemologia Qualitativa, método proposto por González Rey (2005). A psicoterapia é estabelecida como uma relação dialógica entre paciente e psicoterapeuta facilitando e articulando sentidos subjetivos associados ao processo de saúde e doença.
Keywords: Hipertensão
Subjetividade
Psicoterapia
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2759
Issue Date: 2009
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20533915.pdf225,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.