Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2877
metadata.dc.type: Monografia
Title: Adaptação de crianças a creche: uma comparação entre diferentes estratégias
Authors: Yuste, Eva Maria Lopez
Abstract: Este trabalho objetiva descrever o processo de adaptação de bebês à creche e pretendese discutir e comparar as diferentes estratégias de adaptação. Foi traçado um histórico sucinto da trajetória da tríade criança-escola-creche através do qual situou-se a criança na sociedade ao longo do século XIII ao XVI, evidenciando o comportamento e a atitude dos adultos para com ela, ate chegar ao século XVII, época em que se mudou o conceito sobre a criança e as conseqüentes mudanças de atitude e de tratamento a ela dispensada. Analisar a educação infantil hoje, exigiu a retomada histórica da escola em seus primórdios na Grécia, passando pelas escolas sacerdotais até nossos dias. Tudo isso foi feito com base nos resultados de trabalhos de pesquisadores renomados e de notório saber, tais como Postman, Badinter, Aries, Cambi dentre outros. Destaca-se a historia da creche no Brasil, como conquista social, mostrando o cunho assistencialista inicial das instituições que cuidavam das crianças de zero a seis anos, até se chegar a sua legalização como direito infantil, e dever do Estado, integrando a creche ao Ensino Básico, segundo a Constituição Federal de 1988 e sendo parte do processo educativo como é reconhecido pela LDB. E mostrado o papel da creche, ultrapassando as divergências conceituais e esclarecendo sua função social e objetiva. A adaptação do bebê à creche é um período difícil que envolve os primeiros dias, mas pode durar até meses é um processo que para muitas crianças, mães e educadores torna-se difícil por fazer parte de um período de grande mudança na vida da mãe e do bebê. A adaptação da criança pequena não é muito utilizada pelas instituições de educação infantil, talvez por ainda ser um campo pouco estudado, e talvez um dos maiores problemas seja a falta de diferentes estratégias que permitam flexibilidade no processo de adaptação admitindo as diferenças de cada criança, de cada família. Apesar da busca de pensamento de vários autores acerca do assunto, são poucas as produções literárias disponíveis atualmente no país. Com essa dificuldade, foram apresentadas duas estratégias de adaptação diferenciando-se muito pouco entre si. Finalmente, discutem-se algumas pesquisas atuais sobre o processo de adaptação da criança à creche que estão colaborando com o desenvolvimento de novos conhecimentos e na melhoria na qualidade do atendimento infantil dos pequenos.
Keywords: Criança
Creche
Adaptação
Psicologia escolar
Brasil
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2877
Issue Date: Dec-2007
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20161520.pdf270,02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.