Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2973
metadata.dc.type: Monografia
Title: Olhar do psicólogo frente a um sujeito superdotado
Authors: Pinto, Juliana Porte de Souza
Abstract: Os sujeitos superdotados estão envolvidos por conceituações, características, mitos que precisam ser entendidos para que haja o atendimento adequado de suas necessidades especiais, além de serem amparados por dispositivos legais. Por reconhecer este contexto, percebe-se a necessidade de se compreender melhor a realidade que envolve a superdotação, entendendo cada indivíduo superdotado de acordo com sua história de vida e sua subjetividade. Levando em consideração o Programa de Atendimento ao Superdotado do Plano Piloto, que é um programa de enriquecimento curricular que presta atendimento aos alunos superdotados da rede de ensino pública e privada do Distrito Federal, pensa-se na necessidade não só de identificação, mas de um trabalho que envolva o sujeito superdotado nas suas vertentes biopsicossociais. Sendo assim, o psicólogo escolar tem um papel fundamental no desenvolvimento deste atendimento no que diz respeito à superdotação. Desta forma, este estudo vai discutir o que é esperado, o que é feito e o que se espera do psicólogo escolar frente às questões que envolvem a superdotação. Partindo de uma abordagem qualitativa de pesquisa, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com sujeitos que de alguma forma estão envolvidos com a superdotação. Para análise dos dados foi realizada análise do comportamento verbal de cada resposta de cada um dos sujeitos. Os dados foram completados através do desenvolvimento do projeto socioeducativo, o qual é um dos estágios curriculares do curso de Licenciatura em Psicologia do UniCEUB. Os resultados apontam para um fato importante que diz respeito ao psicólogo dentro do programa. O psicólogo tem atuado voltado para a identificação, mesmo tendo a vontade e a necessidade de ampliar sua atuação, encontrando-se, portanto, várias limitações diante do contexto da educação atual no Brasil. Neste estudo apresenta-se possibilidade da inserção da subjetividade na atuação do psicólogo escolar na realidade do programa, oportunizando um novo olhar frente a um sujeito superdotado. E, assim, permitindo que aos indivíduos relacionados à superdotação - alunos, professores, família e demais profissionais envolvidos - a qualidade de sujeitos. Finalmente, pelos resultados foi possível apresentar as percepções sobre a realidade estudada e propor novas pesquisas para a melhor compreensão da atuação do psicólogo escolar na realidade da superdotação.
Keywords: Superdotação
Subjetividade e psicologia escolar
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2973
Issue Date: Jun-2007
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20260492.pdf361,15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.