Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/10568
metadata.dc.type: Monografia
Title: A judicialização da saúde: limites e possibilidades da intervenção do Poder Judiciário
Authors: Oliveira, Leila Paula Silva Araújo de
Abstract: A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 traz o direito à saúde como um direito fundamental social extremamente relevante, tendo em vista a sua relação direta com o direito à vida e com o princípio da dignidade humana. Apesar de esse direito à saúde constar na Carta Magna como um direito pertencente a todos, sendo dever do Estado implementá-lo por intermédio de suas políticas públicas, esse direito, no Brasil, tem enfrentado grandes problemas no que tange à sua efetivação. Sabe-se que todo direito social possui um custo, e, com o direito à saúde, isso não é diferente. Um dos principais entraves para sua efetivação é a carência de recursos financeiros suficientes em conjunto com a falta de gestão adequada dos ativos disponíveis. Considerando a escassez de recursos financeiros e a necessidade da sociedade de ter o direito à saúde efetivado, muitas são as demandas que chegam ao Poder Judiciário para que ele faça cumprir o que está na Constituição Federal. O magistrado, diante de tais demandas, como não pode se furtar a apreciá-las, vê-se obrigado, muitas vezes, a decidir conforme determina o texto da lei: garantindo a saúde como um direito universal. Muito embora o Judiciário esteja cumprindo o determinado pelo texto constitucional, não pode olvidar-se de que a sua decisão produzirá efeitos além daqueles oriundos da demanda individual. Isso ocorre em virtude de haver um planejamento orçamentário para atender às várias demandas sociais na área da saúde, planejamento esse que acaba sendo prejudicado com o deslocamento de recursos destinados a atender a uma decisão judicial que prestigia um particular em detrimento de toda a coletividade. Diante desse contexto, o presente trabalho se debruça em discutir os limites e as possibilidade do Poder Judiciário diante dos problemas envolvendo a efetivação do direito à saúde, a fim de estabelecer algumas diretrizes que devem nortear as intervenções judiciais de modo a torná-las o menos trágica
Keywords: Direito constitucional
Direitos fundamentais
Direito à saúde
Judicialização da saúde
Separação dos poderes
Ativismo judicial
Análise econômica do direito
Citation: OLIVEIRA, Leila Paula Silva Araújo de. A judicialização da saúde: limites e possibilidades da intervenção do Poder Judiciário. 2016. 70 f. Monografia (Graduação) - Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2016.
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/10568
Issue Date: 2016
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21172411.pdf657,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.