Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5281
metadata.dc.type: Monografia
Title: Sucessão na união estável: a inconstitucionalidade do artigo 1.790 do Código Civil em face da diferença entre os filhos
Authors: Ramos, Denise Vieira
Abstract: O presente trabalho tem por objetivo analisar o tratamento aplicado aos filhos no que tange às questões relativas à sucessão do companheiro. Por não amparar devidamente o companheiro sobrevivente, o artigo 1.790 do Código Civil de 2002 recebe inúmeras críticas a respeito de sua duvidável constitucionalidade. Entretanto, ao refletir acerca dos incisos elencados neste artigo, é possível perceber que esta inconstitucionalidade abrange também a sucessão relativa aos filhos, tendo em vista que estes claramente recebem tratamento diferenciado na sucessão do companheiro quando este concorre com filhos comuns ou com filhos só do autor da herança, ferindo, desta forma, o princípio constitucional da isonomia de tratamento entre os filhos. Para desenvolver este estudo se faz necessária a abordagem dos seguintes temas: união estável; regime de bens; meação; direito real de habitação na união estável; direito de filiação; igualdade jurídica entre os filhos; concorrência do companheiro; direito à totalidade da herança quando não há parentes sucessíveis e interpretação jurisprudencial sobre o tema.
Keywords: Inconstitucionalidade
Artigo 1.790 do Código Civil
União estável
Direito sucessório
Sucessão do companheiro
Direito de herança do filho
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5281
Issue Date: 28-Aug-2014
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RA20906146.pdf453,66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.