Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5478
metadata.dc.type: Monografia
Title: Religiosidade e psicoterapia: um estudo sobre estagiários de psicologia clínica
Authors: Lôbo, Bárbara Cristina da Silva
Abstract: Este trabalho teve como objetivo analisar o impacto da religião do paciente sobre a atuação de seu psicoterapeuta. A intenção era compreender qual a percepção do profissional de psicologia sobre temáticas religiosas, observando como se dá a sua escuta ao paciente religioso e buscando entender como se desenvolve o processo psicoterápico quando o paciente traz para o consultório questões relacionadas a sua religião. O trabalho está dividido em três capítulos. No capítulo primeiro, correspondente a fundamentação teórica, são apresentadas algumas das religiões mais comuns no Brasil, perspectivas sobre a religião e a experiência religiosa, diferenciação entre religiosidade e espiritualidade e procura-se relacionar religiosidade a prática clínica comentando sobre as formas de atuação em psicoterapia, inclusive seus diversos campos. O problema do sofrimento e a importância de se levar em conta a subjetividade do sujeito e toda a complexidade do processo são assuntos também abordados. No segundo capítulo, da metodologia, privilegia-se a Epistemologia Qualitativa de Fernando González Rey, qual tem foco na relação entre pesquisador e pesquisado e compreende a pesquisa como processo construtivo-interpretativo. Por meio do complemento de frases e da dinâmica conversacional, foram pesquisados dois estagiários de psicologia clínica que atendem pacientes religiosos no CENFOR-Psicologia. O terceiro capítulo foi dedicado a construir a informação resultante da experiência de pesquisa. Dentre tudo o que os estagiários indicaram sobre seus atendimentos, o que mais teve destaque em suas falas foi o acolhimento e a escuta que fornecem ao paciente que traz relatos relacionados a sua religião, sem procurar julgá-lo ou impor o que é certo ou errado, mas apenas fazê-lo refletir ao se deparar com demandas que lhe tragam sofrimento, buscando fazer com que este procure novas alternativas para suas questões. Porém, no geral, as formas de atuação dos estagiários se dão utilizando-se de técnicas clássicas de psicologia e baseando-se em princípios mais específicos aplicados aos respectivos campos psicoterápicos, o que se aplicaria a qualquer outra situação. Na conclusão, reflete-se sobre a necessidade de abordar a questão religiosa no nosso país como parte da realidade social com a qual lidarão os futuros profissionais de psicologia. Ainda que o conhecimento oferecido na formação pareça ser suficiente para que os estagiários cumpram sua tarefa como psicoterapeutas, os resultados desta pesquisa sugerem a necessidade de atentar para a importância da sensibilidade cultural na prática psicoterápica.
Keywords: Religiosidade
Psicoterapia
Estagiário
Psicologia
Citation: LÔBO, Bárbara Cristina da Silva. Religiosidade e psicoterapia: um estudo sobre estagiários de psicologia clínica. 2014. 70 f. Monografia (Graduação em Psicologia) – Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2014.
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5478
Issue Date: 2014
Appears in Collections:PSI - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Barbara Lobo.pdf572,51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.