Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5805
metadata.dc.type: Monografia
Title: Literatura infanto-juvenil brasileira e o novo modelo familiar: análise da recepção do livro “Meus dois pais”
Authors: Dominici, Maria de Nazaré M.
Abstract: Um novo núcleo familiar, o de casais do mesmo sexo, passou a ser reconhecido pela primeira vez pelo IBGE no Censo Demográfico 2000-2010, entre as chamadas famílias reconstituídas após a separação ou a morte de um dos cônjuges. As famílias reconstituídas representaram 16,3% do total de famílias no Brasil, aqui entendidas as famílias tradicionais constituídas por marido, mulher e filhos. Entre os 16,3%, existem 60 mil casais do mesmo sexo, grande parte com filhos – crianças ou adolescentes. Este trabalho avalia a recepção da obra Meus Dois Pais, de Walcyr Carrasco, por alunos do ensino fundamental de uma escola pública do Distrito Federal. O livro aborda as dificuldades de um garoto para aceitar o pai e o seu companheiro homoafetivo. O estudo foi baseado na Teoria da Recepção, para a qual a obra apenas se completa a partir da intervenção do leitor, que chega até ela trazendo sua história pessoal e a do momento em que vive. Foi realizada uma pesquisa de campo com o grupo infantil, que permitiu a discussão do tema em relação às referências levantadas. Os resultados apresentados permitiram concluir que, de modo geral, o novo núcleo familiar brasileiro, constituído de dois pais ou duas mães, ainda é visto com estranheza e receio pela maioria dos alunos. Há uma pequena parte, no entanto, que o aceita com naturalidade.
Keywords: Literatura infanto-juvenil
Recepção da leitura
Homoparentalidade
Preconceito de gênero
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/5805
Issue Date: 20-Feb-2015
Appears in Collections:LET - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21239382.pdf696,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.