Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6575
metadata.dc.type: Monografia
Title: A influência da prática pedagógica na emocionalidade do educador de 1ª A 4ª série do ensino fundamental
Authors: Silva, Andréia Cristina da
Elias, Cárita Alessandra Moura Sá
Santana, Denice Matutino
Abstract: O domínio da razão sobre a emoção foi durante muitos séculos a tônica de diversos relacionamentos. As emoções eram reprimidas por serem consideradas agentes perigosos nas tomada de decisões. Estudos científicos demonstram que o ser humano é tão complexo, que nasce dotado de muitas aptidões que se estimuladas vão moldando o ser talentoso que existe em cada indivíduo. A ciência já é capaz de fazer uma cautelosa constatação a respeito do comportamento cerebral e físico diante das alterações emocionais, estabelecendo quais são as emoções danosas à nossa saúde física e mental e quais as respostas mais indicadas para nos conduzir ao equilíbrio e conseqüentemente a felicidade. A afetividade, ao mesmo tempo em que proporciona equilíbrio, autonomia e segurança ao ser humano, ao contrário poderá produzir situações de ansiedade anormais que desencadeará doenças tanto de fundo psicológico quanto fisiológico, repercutindo negativamente em sua vida profissional, familiar e afetiva. As dificuldades encontradas pela profissão professor são inúmeras, desde as salas de aula superlotadas até mesmo a desvalorização de seu trabalho, levando-o a sérios índices de ansiedade e conseqüentemente agravando o seu estado emocional e físico. Cada indivíduo é resultado da relação afetiva que experimenta durante sua vida, se não se buscar meios para aliviar as pressões vivenciadas na prática da docência teremos casos cada vez mais graves no que se refere às doenças que acometem esses profissionais. Enfim, este trabalho demonstra as doenças causadas por fatores emocionais e que por sua vez geram outras doenças de caráter físico, sendo as possíveis soluções para estes males que afligem tantos educadores: administrar o tempo e estabelecer prioridades e ações que venham contribuir para melhoria de sua qualidade de vida; em exercício de sua prática cumprir efetivamente com suas obrigações, no entanto, ao sair da escola não levar consigo as aflições, problemas e ansiedades vivenciadas no ambiente de trabalho; dedicar parte do seu dia para participar de momentos que lhe tragam prazer e finalmente estar ciente
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6575
Issue Date: 2005
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40250722.pdf507,07 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.