Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6716
metadata.dc.type: TCC
Title: Dislexia: um desafio para os professores
Authors: Cruz, Carmene de Souza
Jesus, Otália Moreira de
Souza, Vandimar Pereira de
Leite, Welton Jose
Abstract: A educação é um instrumento capaz de ampliar e sedimentar o conhecimento, revertendo seus benefícios ao próprio indivíduo e ao meio social. Portanto, a inclusão é uma necessidade real na educação, onde visa proporcionar meios de incluir todos aqueles que foram segregados por um longo período, sem direito ao convívio social e ao conhecimento.A dislexia não é um tema novo. Desde de 1887, estudiosos já procuravam desvendar seus mistérios, no entanto em pleno século XXI, a dislexia ainda é desconhecida pelos educadores. “Estudos realizados no mundo inteiro sobre dislexia não deixam dúvidas de que os leitores disléxicos usam caminhos cerebrais diferentes” Shaywitz (2006 p. 70). O presente trabalho trata-se de uma pesquisa qualitativa. Entende-se por pesquisa qualitativa segundo André (1986): “observa o ambiente natural como sua fonte direta de dado e o pesquisador como seu principal instrumento, os dados são predominantemente descritos”. Esta pesquisa foi realizada numa escola classe da rede pública de ensino pertencente a Regional de Ensino do Plano Piloto/Cruzeiro, teve como sujeitos da pesquisa: diretor, orientador educacional, professora e aluno.O objetivo geral desta pesquisa é proporcionar a criança disléxica à oportunidade de ser incluída no contexto educacional, para que ela possa desenvolver suas potencialidades, tornando assim ativa na construção do seu próprio conhecimento, dessa forma exercendo a cidadania. Os instrumentos da pesquisa foram: análise documental, observação e entrevista semi-estruturada. Os resultados da pesquisa foram elencadas nas seguintes categorias: inclusão, formação de professores e dislexia. Na categoria inclusão obteve como resultado: o aluno disléxico está incluso no meio social, no entanto ele não está totalmente incluso, pois suas dificuldades relacionadas à dislexia não estão sendo trabalhadas, não há um acompanhamento pedagógico adequado, mediante a isto o processo de ensino-aprendizagem está prejudicado. Na categoria formação de professores, verificou-se que os docentes não possuem formação adequada para atender as diversidades encontradas no dia-dia de sala de aula com o aluno disléxico, há apenas um esforço para melhor atendê-lo e não recebem apoio da instituição para o atendimento do aluno. Na categoria dislexia, as dificuldades apresentadas pelo aluno não estão sendo trabalhadas para o desenvolvimento integral das potencialidades e suas dificuldades auditivas, visuais e fonológicas. Concluímos com esta pesquisa que a dislexia é desconhecida pelos educadores desta instituição e está presente dentro da sala de aula, sendo deixada para trás pelos educadores e pela família que demonstram um acompanhamento inadequado. Diante do exposto entendemos que a instituição de ensino pesquisada não está preparada para o atendimento à criança disléxica necessitando de uma preparação dos seus recursos humanos como: o aperfeiçoamento de todo corpo docente e funcionários da escola, e também de recursos materiais adequados necessários a um atendimento eficiente, que possa contribuir no desenvolvimento das potencialidades do portador de dislexia.
Keywords: Inclusão
Formação de professor
Dislexia
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6716
Issue Date: 2005
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40303724.pdf435.71 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.