Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6815
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMontenegro, Maria Eleusa-
dc.contributor.authorAraújo, Naiara Martins de-
dc.date.accessioned2015-06-22T19:43:01Z-
dc.date.available2015-06-22T19:43:01Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.uri https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6815-
dc.description.abstractO processo de inclusão vem “quebrar barreiras cristalizadas” em torno de grupos estigmatizados. O objetivo dessa pesquisa foi analisar a realidade do processo de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais de séries iniciais do ensino fundamental de duas escolas públicas e duas particulares, do Plano Piloto, Brasília, Distrito Federal. A metodologia escolhida foi baseada na pesquisa qualitativa. Participaram, como sujeitos da pesquisa, coordenadoras e diretoras dessas escolas. O instrumento escolhido para a coleta de dados da pesquisa foi a entrevista semi-aberta. Os resultados da pesquisa apontaram para cinco categorias de análise: conceito de inclusão; escola e inclusão; apoio da Secretaria da Educação; preparação dos alunos para inclusão; e formação profissional. Os resultados demonstraram que, para os professores, a inclusão é inserir o indivíduo com necessidades educacionais, especiais na sociedade e em escolas regulares. Eles estão sensíveis para sua formação continuada, sabendo que o seu papel é decisivo no processo de inclusão. Ficou claro que apesar de o processo de inclusão registrar conquistas importantes, ainda persistem inúmeras dificuldades, algumas estruturais da realidade brasileira e outras específicas da educação de alunos com necessidades educacionais especiais. É feito um trabalho dentro de sala de aula com todos os alunos preparando-os para a inclusão. A partir desse estudo, percebeu-se que a sociedade ainda apresenta marcas da exclusão, cujo sentido foi construído ao longo da história. Vislumbra-se a necessidade da construção de um novo espaço adaptado à realidade dessas pessoas, surgindo assim um novo paradigma da inclusão. O reconhecimento e respeito pela diversidade são mais que um simples ato de tolerância, mas a afirmação de que a vida se amplia e se enriquece na pluralidade.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Haia Cristina Rebouças de Almeida (haia.almeida@uniceub.br) on 2015-06-22T19:43:00Z No. of bitstreams: 1 20412130.pdf: 298762 bytes, checksum: f8f7bbf453bfc7a3bad1abcdea21763a (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-06-22T19:43:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 20412130.pdf: 298762 bytes, checksum: f8f7bbf453bfc7a3bad1abcdea21763a (MD5)en
dc.language.isoporpt_BR
dc.subjectInclusãopt_BR
dc.subjectLegislação da educação inclusivapt_BR
dc.subjectEducação inclusivapt_BR
dc.titleEducação para alunos com necessidades educacionais especiais e a legislação brasileirapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.date.criacao2008-
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20412130.pdf291.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.