Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7144
metadata.dc.type: Monografia
Title: Suplementação de simbióticos e enzimas no tratamento da constipação funcional
Authors: Martins, Aiane Castelo Branco Simões da Silveira
Abstract: A constipação intestinal funcional é a forma mais comum entre os tipos de constipação hoje, pois se caracteriza pela ausência de anormalidades específicas no trato gastrointestinal. Além disso, inclui fezes endurecidas, evacuações incompletas e de pequeno volume, esforço para defecação e movimentos intestinais pouco frequentes. Para tratar este quadro, o uso de simbiótico pode modificar a composição da microbiota intestinal, auxiliando na recuperação do equilíbrio de microrganismos benéficos, além da suplementação de enzimas para prevenir a má-digestão, que consiste em um dos fatores que competem mais para o desequilíbrio da microbiota intestinal. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da suplementação de enzimas e simbióticos no tratamento da constipação intestinal funcional. Foi realizado um estudo de caso clínico experimental com uma paciente adulta apresentando constipação funcional, diagnosticada pelo critério de Roma III. A pesquisa foi realizada durante três semanas, sendo que na primeira a paciente seguiu uma dieta voltada para a constipação. Na segunda semana a paciente deu continuação à dieta e incluiu a suplementação do simbiótico. Na terceira semana, juntamente com a dieta e a suplementação do simbiótico, houve a introdução das enzimas. A resposta ao tratamento foi avaliada pelo registro diário da paciente quanto à evacuação (frequência, consistência e forma das fezes), sintomas abdominais e intensidade da constipação pelo Escore AGACHAN. A paciente apresentou aumento na frequência de evacuações, bem como a melhora na consistência e no formato das fezes que ficaram próximas dos parâmetros normais, associado ao uso do simbiótico e da enzima digestiva. Além disso, a junção das três fases de tratamento trouxe benefícios em relação aos sintomas abdominais e a intensidade da constipação diminuiu principalmente na fase final do tratamento. A suplementação combinada de simbióticos e enzimas foi eficaz pois melhorou os parâmetros de evacuação e de intensidade da constipação funcional da paciente.
Keywords: Constipação intestinal
Disbiose
Simbiótico
Enzima digestiva
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7144
Issue Date: 2014
Appears in Collections:NUT - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20900203.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.