Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7226
metadata.dc.type: TCC
Title: Análise do cortisol salivar livre em atletas fisiculturistas brasilienses
Authors: Teodoro, Sara Tereza Gomes
Abstract: O estudo dos níveis do hormônio cortisol como preditor de estresse, vem ganhando interesse em aprofundar as investigações sobre o efeito do exercício no organismo e formas de controlar o efeitos adversos deste hormônio.O presente estudo teve como finalidade analisar os níveis de cortisol salivar, em atletas fisiculturistas brasilienses, antes de um treino resistido e após o mesmo treino, associando estas concentrações com os níveis de estresse fisiológico, verificar o consumo de suplementos alimentares por estes atletas e por quem foi indicado a suplementação. Foi realizado um estudo transversal quantitativo e qualitativo a partir da análise do Cortisol Salivar em fisiculturistas e o preenchimento de um questionário com perguntas fechadas. Foram avaliados 10 atletas de fisiculturismo, do sexo masculino com idade média de 29,6 anos ±3,027 anos, sendo que a maioria compete há 1,7 anos ±1,505 anos. Foram realizadas duas coletas de saliva, uma imediatamente antes do treino resistido (1° coleta) e outra imediatamente após a realização do mesmo treino (2° coleta). Após a coleta cada voluntário respondeu a um questionário a respeito do consumo de suplementos. Os dados foram tabulados no programa excel versão 2007 e no programa R onde foi feito o teste t-student (com 9 graus de liberdade) calculados a média, o teste de Shapiro-Wilk, a variância e o teste F. A análise do hormônio cortisol salivar livre no período pré-treino encontravase em média, dentro dos valores de referência (inferior a 19.7 nmol/l) e no pós-treino manteve-se dentro da referência para todos os atletas, contudo houve uma redução nos valores do pós-treino em 80% da amostra analisada. A análise dos dados demonstrou que 100% (n=10) dos atletas faziam uso de suplementos alimentares sendo o suplemento mais utilizados o whey protein, consumido por 100% (n=10) dos atletas, em segundo lugar o BCAA com 90% (n=9) e, em terceiro lugar, a glutamina com 70% (n =7). Quanto à indicação de uso dos suplementos, a maioria dos participantes relatou ter sido orientados a consumirem tais produtos por indicação de um nutricionista (40%; n=4), (30% n= 3) do professor da academia e com 30 % (n=3) tiveram indicações de outros profissionais. Conclui-se que a análise dos níveis médios do hormônio cortisol pré-treino foram maiores do que os níveis pós-treino sugerindo uma espécie de adaptação às situações agressivas impostas pelo exercício físico. Outros estudos devem ser realizados afim de que possíveis fatores confundidores possam ser analisados.
Keywords: Cortisol salivar
Suplemento alimentar
Exercício
Fisiculturismo
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7226
Appears in Collections:NUT - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20706385.pdf892.92 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.