Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7546
metadata.dc.type: Artigo
Title: A influência da tecnologia para o sedentarismo de estudantes no ensino fundamental
Authors: Guedes, Natan Pinheiro
Abstract: Introdução: O presente estudo, trata da influência da tecnologia para o sedentarismo de estudantes no Ensino Fundamental. O homem outrora fisicamente ativo e forte, diminuiu seu nível de atividade. Como consequência a este estilo de vida, surgiram doenças crônico-degenerativas, síndrome metabólica e obesidade. Na maioria das vezes, o único lugar onde a criança tem a oportunidade de praticar atividade física é na escola. É na fase escolar que a criança começa a vivenciar o mundo em que está inserida. Para isso é preciso criar ambientes favoráveis à prática de atividades físicas e que proporcionem o maior número de experiências motoras possíveis. Objetivo: Analisar como a tecnologia está contribuindo para o sedentarismo de estudantes no ensino fundamental. Material e Métodos: Este estudo foi realizado através de uma revisão bibliográfica, com abordagem qualitativa descritiva, utilizando textos de livros do acervo da biblioteca do UniCEUB e artigos científicos publicados em revistas científicas disponíveis para consulta em base de dados como: Google Acadêmico e Scielo. Revisão da Literatura: Brincadeiras são cada vez mais difíceis de serem vistas no cotidiano de crianças, devido a expansão da tecnologia e aparelhos eletrônicos como: DVD, computadores, televisão, celulares e tablets. O sedentarismo é considerado como principal fator de risco para desencadeamento das doenças crônico-degenerativas e eleva os custos da saúde pública. Porém, a prática de exercícios físicos tem sido considerada um meio de prevenção para diversas doenças crônicas, tais como diabetes do tipo 2, hipertensão arterial, artrite, osteoporose, obesidade, câncer, etc. Portanto, a Educação Física Escolar tem papel fundamental na prevenção de doenças crônicas e na promoção da qualidade de vida. O professor de Educação Física tem condições de elaborar estratégias que trabalhe na identificação e por meio de suas aulas deve combater este sedentarismo. Considerações Finais: Vários estudos apontam que o sedentarismo pode ser atribuído ao atual estilo de vida das crianças como: muito tempo utilizando aparelhos eletrônicos, falta de atividade física e maior oferta e consumo de produtos de alto valor energético. Portanto, a Educação Física Escolar tem grande influência para a promoção da saúde, bem estar e qualidade de vida de estudantes do Ensino Fundamental, possibilitadas por aulas bem elaboradas e criativas, incentivando-os a ter uma vida ativa dentro e fora do ambiente escolar.
Keywords: Tecnologia
Sedentarismo
Educação física escolar
Ensino fundamental
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/7546
Issue Date: 16-Nov-2015
Appears in Collections:EDF - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21313015.pdf1,37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.