Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/9760
metadata.dc.type: Monografia
Title: Neo-Bolivarianismo e poder: a política esterna de Hugo Chávez (1998-2007) à do realismo nas relações internacionais
Authors: Gonçalves, Natália Barbosa
Abstract: O objetivo do presente trabalho é estudar a relação entre as mudanças ocorridas no panorama geopolítico global e seus efeitos na América do Sul, sobretudo na Venezuela. Vislumbra, ademais, estudar como o atual governo venezuelano contribuiu para esse processo, bem como seu impacto na estrutura política regional. Este estudo encontra-se dividido da seguinte maneira: o primeiro capítulo traz uma apresentação da corrente realista nas Relações Internacionais, utilizada como suporte para a compreensão de algumas medidas implementadas pela política externa venezuelana. O segundo capítulo traz o arcabouço histórico e político da Venezuela, desde o seu descobrimento até a eleição de Hugo Chávez, em 1998. Também abordado o histórico das relações diplomáticas da Venezuela e a sua dificuldade em mantê-las. O terceiro capítulo discorre sobre o período em que Chávez assumiu a presidência da Venezuela em 1998, sobre as fases de seu governo e o relacionamento com seus vizinhos continentais, como Colômbia, Equador e Bolívia, sendo reservada especial atenção acerca da relação conturbada mantida com os Estados Unidos da América. O último capítulo traz as aplicações oferecidas pela teoria Realista das Relações Internacionais às decisões da política exterior venezuelana, podendo encontrar algumas explicações satisfatórias, bem como a influência exercida pela figura de Hugo Chávez é expressiva em algumas situações. Alguns exemplos dessas medidas tomadas pelo mandatário venezuelano são amplamente divulgadas pela mídia, sendo algumas delas consideradas no presente estudo para materializar as situações descritas nele. Também aborda, contudo, como os discursos usados por Hugo Chávez, carregados de um forte viés ideológico, e como a “Revolução Bolivariana”, proposta por ele, funciona e como ela é aplicada.
Keywords: América do Sul
Venezuela
Corrente realista das relações internacionais
Política externa venezuelana
Hugo Chávez
Estados Unidos da América
Revolução bolivariana
Citation: GONÇALVES, Natália Barbosa. Neo-Bolivarianismo e poder: a política esterna de Hugo Chávez (1998-2007) à do realismo nas relações internacionais. 2008. 97 f. Monografia (Graduação) - Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2008.
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/9760
Issue Date: 2008
Appears in Collections:REL - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20466870.pdf629.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.