Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/13315
metadata.dc.type: Monografia
Title: Abandono afetivo inverso e a (im)possibilidade de deserdação
Authors: Marinho, Daniela Karoline dos Santos
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo analisar a (im)possibilidade de deserdação, exclusão de herdeiros necessários por falta de vínculo afetivo entre estes e o de cujus, levando em consideração que tal hipótese não se encontra expressamente prevista em lei. No desenvolvimento do trabalho será abordada a atual situação dos idosos no Brasil, a vulnerabilidade decorrente do aumento da expectativa de vida e o cenário em que estes se encontram no âmbito familiar e na sociedade. Também serão analisadas as normas e os princípios constitucionais que se aplicam com intuito de protegê-los. Além disso, trataremos do afeto como bem jurídico e do abandono afetivo inverso como possibilidade para a exclusão sucessória por deserdação. Outrossim, abordaremos os tipos de exclusão sucessória, diferenciando indignidade de deserdação. Por fim, serão analisados projetos de lei que tratam do abandono afetivo inverso e da deserdação, além de casos jurisprudenciais, para entendermos o posicionamento dos Tribunais brasileiros a respeito do tema.
Keywords: Idoso
Abandono afetivo inverso
Deserdação
Citation: MARINHO, Daniela Karoline dos Santos. Abandono afetivo inverso e a (im)possibilidade de deserdação. 2019. Monografia (Graduação em Direito) – Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2019.
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/13315
Issue Date: May-2019
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21371117.pdf502,95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.