Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/179
metadata.dc.type: Monografia
Title: A definição de insumo na sistemática não cumulativa do Pis e da Cofins
Authors: Bernardes Filho, Luiz Carvalho
Abstract: O presente trabalho tem por objetivo estabelecer a definição de insumo no âmbito da não-cumulatividade incidente sobre as contribuições ao PIS e à Cofins. Nesse ensejo, parte da contextualização do significado do vocábulo insumo conforme inserido na atual legislação que regula o regime não-cumulativo do PIS e da Cofins para, em decorrência da inter-relação entre insumo e a sistemática não cumulativa, ocupar-se do fenômeno da constitucionalização da não-cumulatividade, pré-requisito para habilitar-se ao exame das regras constitucionais e infraconstitucionais que refletem a delimitação do termo insumo na esfera destas contribuições. Nesta linha, seguindo os critérios da taxatividade e da teleologia, destaca a melhor acepção para o texto do §12, art. 195, da Constituição Federal, bem como os aspectos mais relevantes dessa interpretação sobre o objetivo perseguido pela pesquisa. Outrossim, assinala para a elevação da não-cumulatividade ao patamar de princípio constitucional, conferindo-lhe supremacia à vontade do legislador ordinário, de modo a delimitar insumo entre o mínimo demarcado pelo respeito incondicional àquele princípio e o máximo delimitado pela essencialidade da despesa incorrida em face dos processos de fabricação ou produção da sociedade contribuinte, refutando de vez as demais definições estabelecidas pelo legislador infraconstitucional.
Keywords: PIS
COFINS
Não-cumulatividade
Insumo
Definição
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/179
Issue Date: 2010
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20555680.pdf578,91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.