Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2421
metadata.dc.type: Monografia
Title: Estrutura e funções do córtex cerebral
Authors: Santos, Rocilene Otaviano
Abstract: As localizações cerebrais sempre representaram um grande desafio para médicos, cientistas e pesquisadores. A parte superior do encéfalo humano é constituída por dois grandes hemisférios, separados por uma fissura longitudinal. Em cada hemisfério há a considerar quatro lobos: lobo frontal, parietal, occipital e temporal. Sabe-se hoje que a diferentes zonas ou lobos cerebrais estão associados atividades distintas. Para se chegar a tal conclusão teve especial importância os trabalhos de: Gall, Broca e Brodmann. Conduzidos pelo médico e neuroanatomista vienense Franz Joseph Gall no final do século XVIII, ele defendia que o cérebro era constituído por um agregado de muitos orgãos, funcionalmente independentes. Reconhecendo o devido mérito a Gall, é também importante apontar os erros de sua teoria das localizações cerebrais que considera o cérebro compartimentado em secções independentes. Paul Broca, no século XIX, a partir da realização da autópsia num doente com perturbações profundas na linguagem oral, descobriu na terceira circunvolução do lobo frontal esquerdo, uma zona lesada que impedia que o indivíduo fosse capaz de se exprimir, falando. Tal região cerebral ficou na história da fisiologia conhecida como centro de Broca. O alemão Brodmann teve a sua contribuição com a elaboração de mapas neuroanatômicos, nos quais se encontravam áreas identificadas por ele próprio nos seus estudos de arquitetura celular. O seu mapa constitui uma referência anatômica conveniente, cujas áreas são designadas por números. Surgiu então a teoria da unidade funcional que considera áreas cerebrais constituindo a base de funções orgânicas ou psíquicas mas subordinadas à estrutura total do cérebro e que este é capaz de suprimir atividades pertencentes a setores que foram lesados. Por outras palavras, contrariando Gall, métodos de estudos não invasivos como a ressonância magnética funcional, facilita o estudo das funções cerebrais e comprova que as funções de cada parte individual do cérebro não são independentes, mas sim sistemas formados por várias unidades cerebrais interligadas.
Keywords: Área de Brodmam
Controle cortical
Hemisfério cerebral
Neurônio
Sinapse
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/2421
Issue Date: 2002
Appears in Collections:BIO - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
9713912.pdf1,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.