Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/569
metadata.dc.type: Monografia
Title: A legitimidade do Supremo Tribunal Federal para atestar a ocorrência de mutação constitucional
Authors: Siqueira, Pedro Henrique Braz
Abstract: As Constituições podem ser alteradas de modo a ajustar o seu texto à realidade social, que está em constante evolução. O instituto da Mutação Constitucional consiste no processo de alteração informal da Constituição, no qual se altera o significado e alcance dos preceitos e dispositivos constitucionais sem modificar-se o enunciado da norma. Os diferentes métodos de interpretação constitucional permitem a aproximação das normas da Constituição com a realidade no qual se encontra inserida uma sociedade, o que invariavelmente acarreta na ocorrência de uma mutação constitucional. Com a divisão de atribuições estatais, a função jurisdicional compete aos órgãos do Poder Judiciário, cabendo tanto aos juízes das instâncias ordinárias quanto aos Ministros do Supremo Tribunal Federal o dever de zelar pela guarda da Constituição, por meio de mecanismo conhecido como jurisdição constitucional. O Supremo Tribunal Federal, conforme definiu o constituinte originário, é o último e legítimo intérprete da Constituição e detém os poderes para atestar uma mutação constitucional.
Keywords: Direito constitucional
Mutação constitucional
Interpretação constitucional
Separação dos poderes
Jurisdição constitucional
Legitimidade
Supremo Tribunal Federal
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/123456789/569
Issue Date: 2012
Appears in Collections:DIR - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20758633_Pedro Siqueira.pdf524.91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.