Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6571
metadata.dc.type: Monografia
Title: A educação sexual nas séries iniciais faixa etária de seis e sete anos
Authors: Nascimento, Ana Cristina dos Santos
Agapito, Kelly Cristina de
Silva, Lindsey Cristina Corrêa da
Guimarães, Márcia Cardoso
Abstract: A educação sexual é um tema transversal presente nos Programas Curriculares Nacionais - PCN. Os profissionais da área de Educação e Psicologia concordam a respeito da necessidade da abordagem deste tema em sala de aula. A partir do momento que se compreende esta necessidade, muitos educadores deparam-se com o problema da falta de capacitação profissional que possa auxiliá-los na prática pedagógica. Este trabalho visou contribuir com os professores, oferecendo subsídios para o trabalho sobre a sexualidade infantil em sala de aula, bem como orientação para os pais a respeito deste tema. Para tanto, foi utilizada a pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso. Foram entrevistados 05 (cinco) profissionais que atuam nessa área, sendo um professor de psicologia da criança, dois psicólogos infantis e dois professores do ensino fundamental. As categorias selecionadas para análise e discussão dos dados neste trabalho foram: O Trabalho de Orientação Sexual; O Professor e a Bagagem Sexual pré-adquirida pelos alunos; A Utilização da Mídia; A Ação diante do Modismo Incentivado pela Família; A Reação diante de Jogos Sexuais; A Linguagem Utilizada; A Influência da Família; e As Sugestões aos Professores. Concluiu-se, ao final do trabalho, que a sexualidade infantil deve ser abordada de forma natural e tranqüila, com uma linguagem simples, de acordo com a faixa etária da criança, limitando-se a responder à curiosidade da mesma. A 'bagagem' trazida de casa pela criança deve ser valorizada e respeitada; deve-se, porém, orientar os pais para que o modismo infantil não interfira no desenvolvimento natural da criança, influenciando de forma negativa, antecipando as fases do desenvolvimento infantil. A mídia exerce uma grande influência na formação sexual da criança. Sabendo usá-la de forma correta (qualidade de informação), pode ser um importante mecanismo de educação. Em relação à docência constatou-se que o profissional não deve alarmar-se quando presenciar jogos sexuais, pois fazem parte do desenvolvimento natural da criança, na faixa etária estudada (seis e sete anos). O conteúdo de orientação sexual deve ser aplicado de forma planejada e o profissional deve considerar importante o desenvolvimento de sua própria sexualidade para que o trabalho com educação sexual atinja seus objetivos.
Keywords: Educação sexual
Sexualidade
Ensino fundamental
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6571
Issue Date: 2005
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40250450.pdf307.55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.