Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6621
metadata.dc.type: Monografia
Title: A relação entre afetividade-aprendizagem no desenvolvimento do educando das séries iniciais
Authors: Dutra, Aracele
Soares, Dielen
Barbosa, Elisangela
Alves, Ivanossa
Dores, Maria das
Abstract: O presente trabalho monográfico propõe uma releitura do papel da afetividade, no desenvolvimento pessoal, nas interações que o indivíduo estabelece com o meio, propondo uma reflexão sobre a prática pedagógica quanto às questões pertinentes a compreensão do desenvolvimento infantil, a relação entre aprendizado e desenvolvimento, as interações de sala de aula e a avaliação escolar. Com o objetivo de desmistificar o tema afetividade em sala de aula destacando sua importância no processo de aprendizagem. O conhecimento dessa relação no ensino-aprendizagem permitirá ao professor refletir, organizar e realizar atividades que favoreçam um entrosamento, valorizando o outro na constituição da pessoa e respeitando limites é o que se aproxima ser a definição de afetividade. A escola deve promover experiências para mediar a relação das dimensões cognitiva e afetiva. A proposta metodológica utilizada nesta pesquisa foi por meio de questionário com o objetivo de investigar a opinião dos alunos com relação a seus professores. Também foram utilizados como parâmetro para análise de dados, questionários realizados com os professores ressaltando aspectos que consideram relevantes nos alunos. O capítulo primeiro apresenta, em linhas gerais, a concepção teórica de Henri Wallon, Vygotsky e Piaget sobre o desenvolvimento infantil, destacando a ênfase da importância do papel da afetividade na construção da aprendizagem da criança. O segundo capítulo aborda as interações de sala de aula, relação professor-aluno e aluno-professor, dedicando-se ao enfoque sobre a influência da relação afetiva na qualidade do ensino e da aprendizagem. O terceiro capítulo propõe um estudo sobre a relação entre aprendizado e desenvolvimento. A luz da teoria de Vygotsky sobre Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP), conduz para a compreensão da importância da mediação pedagógica no processo ensino/aprendizagem. A avaliação da aprendizagem desde a Educação Infantil é o tema do quarto capítulo. Apresenta aspectos comuns do processo avaliativo que ocorre na escola e em contrapartida, chama a atenção para a influência da relação professor-aluno na avaliação da aprendizagem. No intuito de perceber como se dá à relação entre afetividade e aprendizagem e em como refletem no processo ensino/aprendizagem, o quinto capítulo relata os resultados obtidos de questionários realizados com professores e alunos da Rede de Ensino Público do Distrito Federal, procurando analisar as interações entre professor-aluno com ênfase no aspecto afetivo e suas implicações na aprendizagem. Por fim, com base nos questionários realizados com professores e alunos foram colhidas informações sobre a relação professor-aluno e vice-versa, o processo ensino aprendizagem e seu papel para a afetividade. Com base nos resultados obtidos pode-se afirmar que os professores participantes dessa pesquisa não dissociam a aprendizagem da afetividade. O que ocorre é a quantidade de alunos por sala de aula que dificulta ou impede a formação de determinados tipos de vínculos e estabelecem as condições estressantes da situação de sala. O aluno em sua vez vê no professor um veículo para aquisição de conhecimentos, ligando-se a ele com esse objetivo e tendo-o como um referencial de saber, tanto que dele não duvidaria, reconhecendo sua autoridade e dando importância à questão relacional.
Keywords: Afetividade
Aprendizagem
Séries iniciais
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6621
Issue Date: 2005
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40261525.pdf382,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.