Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6640
metadata.dc.type: TCC
Title: Avaliação como processo de reconstrução do conhecimento
Authors: Rocha, Geralda Ferreira
Oliveira, Rita de Cássia Neto de
Abstract: O presente estudo é resultado de uma pesquisa sobre avaliação escolar desenvolvida no Centro de Ensino Fundamental X do Recanto das Emas, que é uma instituição de ensino público do Distrito Federal que atende a alunos do Ensino Fundamental de 1ª a 4ª série. A educação, segundo Forquin (1993), constitui-se num sistema de instrução e ensino com propósitos intencionais, práticas sistematizadas e alto grau de organização ligado intimamente às demais práticas sociais que visam a construção e manutenção da sociedade. A aprendizagem consiste na construção de um conhecimento capaz de transformar a realidade vivida pelo aluno em seu cotidiano. A avaliação, por sua vez, segundo argumentos apresentados por Luckesi (1998, “é um julgamento de valor sobre manifestações relevantes da realidade, tendo em vista uma tomada de decisão” e pode ser entendida como um processo que media o que foi ensinado pela instituição escolar, por meio do professor, e o que aprendido pelo aluno. Para realizar a abordagem proposta, utilizou-se como método a pesquisa qualitativa e descritiva. Entende-se por pesquisa qualitativa a que “supõe o contato direto e prolongado do pesquisador com o ambiente e a situação que está sendo investigada” (Lüdke e André, 1986). Os instrumentos de pesquisa foram: analise documental, observação participante e entrevistas semi-estruturadas. Os sujeitos da pesquisa foram: o vice-diretor, o assistente pedagógico, o professor regente e um aluno. Esta pesquisa teve como objetivo geral compreender a importância da avaliação no processo de reconstrução do conhecimento dos alunos nas séries iniciais. Os resultados da pesquisa apontam três categorias de análise: construção do conhecimento, relação professor-aluno e avaliação. Na categoria construção do conhecimento, os resultados demonstram que este conhecimento ainda se constrói sob a influência da pedagogia tradicional, muitas vezes focando-se no professor como a pessoa que ensina e no aluno como indivíduo que deve decorar o que o professor fala, enfocando principalmente o conteúdo programático, ignorando se esse conteúdo condiz com a realidade do aluno. Na categoria relação professor-aluno, os resultados demonstram que há, na escola pesquisada, a predominância do autoritarismo, sendo o professor aquele que manda e impõe suas condições e o aluno o sujeito passivo que apenas faz o que o professor mandou. Na categoria avaliação, os resultados demonstram que o processo avaliativo das escolas não é discutido entre os seus segmentos e que cada educador avalia seus alunos conforme julga melhor. A conclusão da avaliação é que esse processo é tratado de forma superficial pelo Regimento Escolar, sendo aplicado apenas como forma de medir o conhecimento, não sendo abordados pelos educadores seus aspectos diagnósticos e mediativos da aprendizagem e, por isso, deixa de contribuir para uma melhor relação entre o professor e seus aluno e dificulta a construção do conhecimento. Concluí-se, também, que a cultura da educação tradicional no Centro de Ensino Fundamental X do Recanto das Emas é extremamente valorizada e determinada por regras, por documentos que procuram direcionar as atitudes dos profissionais que nela atuam, como o professor e com o aluno, indicando as atitudes que podem ser tomadas por cada segmento.
Keywords: Construção do conhecimento
Relação professor-aluno
Avaliação
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6640
Issue Date: 2005
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40262855.pdf399.99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.