Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6654
metadata.dc.type: Monografia
Title: A avaliação escrita na rede pública: contribuição à aprendizagem
Authors: Correia, Luciele Couto
Gomes, Manoel Ferreira
Silva, Maria Aparecida da
Silva, Maria do Socorro Melo da
Soares, Maria Rosa da Silva
Abstract: Este trabalho teve como objetivo demonstrar a importância que a avaliação escrita assume como instrumento avaliativo no processo ensino-aprendizagem das escolas públicas do Distrito Federal e como objetivos específicos: conhecer opiniões dos professores sobre avaliação escrita; identificar critérios na elaboração, aplicação e correção da avaliação escrita; colher sugestões para a utilização da avaliação; e analisar exemplos de avaliação escrita. Fundamentou-se numa metodologia qualitativa por estar intimamente articulada com a prática pedagógica dos elaboradores dessa investigação. Os instrumentos utilizados foram: entrevistas com professores que atuam em escolas da rede pública das Regiões Administrativas (Samambaia, Ceilândia e Recanto das Emas), localizadas no Distrito Federal e a análise documental de avaliações escritas dos professores. As categorias utilizadas na entrevista foram: concepção de avaliação escrita para o professor; elaboração da avaliação escrita; utilização da avaliação escrita; satisfação da utilização da avaliação escrita; critérios para correção da avaliação escrita; e sugestões para a avaliação escrita. Para a análise documental foram apresentadas as seguintes categorias: coerência da questão ao conteúdo avaliado; clareza na elaboração das questões; excesso ou não de memorização de datas, fórmulas etc; e estrutura na montagem da avaliação escrita. Os principais resultados encontrados foram que a maioria dos professores vêem a avaliação escrita como um instrumento eficaz e importante no processo avaliativo; no ato da elaboração dessas avaliações observou-se a preocupação com a clareza e a contextualização dos enunciados; observou-se, também, que os professores utilizam a avaliação escrita mais no final do bimestre, para fazer um levantamento do que o aluno conseguiu assimilar quanto ao que foi trabalhado em determinado período. Dos 5 (cinco) professores entrevistados apenas 1(um) demonstrou a insatisfação da avaliação escrita, por esta muitas vezes não atingir verdadeiro significado para o aluno. Quanto aos critérios de correção, o que caracterizou foi a capacidade de interpretação e o raciocínio lógico. Os professores apresentaram sugestões para o uso da avaliação escrita, dentre estes destacam-se: a clareza e questionamentos voltados para o cotidiano do aluno. Quanto ao resultado da análise documental observou-se a falta de clareza nos comandos; coerência ao conteúdo que está sendo avaliado, a memorização ainda se faz muito presente; e a estruturação é construída com um número excessivo de perguntas que tende a desanimar e confundir o aluno. Com essa pesquisa buscou-se direcionar a avaliação escrita como um instrumento que favorece o educador no ato de avaliar, e que apresente resultado de crescimento significativo para o sujeito aprendente.
Keywords: Avaliação
Prova
Avaliação escrita
URI:  https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6654
Issue Date: 2005
Appears in Collections:PED - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
40263878.pdf222.2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.