Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/13482
metadata.dc.type: Monografia
Title: Avaliação do resto-ingesta de unidades de alimentação e nutrição escolares: impacto no desperdício
Authors: Meireles, Ana Gabriela de Jesus
Abstract: A alimentação saudável é um direito humano e, tratando-se da merenda escolar, o planejamento do cardápio deve considerar alguns aspectos, visto que a sua importância se dá pelo papel fundamental no desenvolvimento e formação de hábitos alimentares dos escolares. O resto-ingesta é um fator importante a ser avaliado em uma Unidade de Alimentação e Nutrição, pois por meio desse indicador é possível investigar os fatores que contribuem para o desperdício de alimentos, como, por exemplo, a baixa aceitação da alimentação ofertada. No ambiente escolar, especialmente, isso deve ser monitorado. Nesse sentido, é importante a atuação do profissional Nutricionista no gerenciamento da Unidade de Alimentação e Nutrição, a fim de que as atividades sejam executadas com eficiência, gerando preparações de qualidade. O presente estudo teve como objetivo avaliar o índice de resto-ingesta de duas Unidades de Alimentação e Nutrição escolares públicas de Taguatinga-Distrito Federal. O estudo é descritivo e transversal e a coleta de dados foi realizada durante o turno do lanche, em cinco dias da semana em cada local. Foram pesados os restos provenientes dos pratos devolvidos pelas crianças e as sobras sujas. O cálculo do resto-ingesta foi efetuado com base em Augustini et al. (2008), considerando o valor de 10% como referência aceitável. Na escola ‘’A’’, todas as preparações apresentaram resto-ingesta acima de 10%, exceto preparações do cardápio do dia 4 (0,22%) e do dia 5 (9%). Na escola ‘’B’’, apenas duas preparações apresentaram percentuais acima de 10%, nos dias 3 (11%) e 4 (10,94%). Os percentuais de sobra suja também foram elevados. Na escola ‘’A’’ esses percentuais se estabeleceram entre 14,61% e 49% e, na escola ‘’B’’, entre 7,7% e 52%. A grande quantidade de restos e sobras das unidades escolares implicam no desperdício, por isso, devem-se considerar aspectos que busquem melhorar a aceitabilidade das preparações pelas crianças, além de adequar a quantidade produzida e distribuída de alimentos.
Keywords: Unidade de Alimentação e Nutrição escolar
Resto-ingesta
Desperdício de alimento
Citation: MEIRELES, Ana Gabriela de Jesus. Avaliação do resto-ingesta de unidades de alimentação e nutrição escolares: impacto no desperdício. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2019.
URI: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/13482
Issue Date: 2019
Appears in Collections:NUT - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
21603907.pdf641,71 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.